Partido de candidato assassinado no Equador pede que comissão internacional investigue o caso

Partido de candidato assassinado no Equador pede que comissão internacional investigue o caso

Como você se sentiu com o conteúdo dessa matéria?

Fernando Villavicencio, falecido candidato à presidência do Equador| Foto: STR/EFEOuça este conteúdo

O Movimento Construye, partido do falecido candidato presidencial equatoriano Fernando Villavicencio, instou nesta quinta-feira (10) a criação de uma comissão internacional independente para conduzir uma investigação abrangente sobre o assassinato de Villavicencio, ocorrido em Quito na quarta-feira (9).

Em um comunicado oficial divulgado nesta quinta, o Movimento Construye também anunciou a formação de uma equipe dedicada ao monitoramento do processo legal relacionado ao trágico assassinato de seu candidato. O partido expressou forte preocupação sobre a influência da narcopolítica no país e reafirmou seu compromisso em garantir que a justiça prevaleça.

“Exigimos enfaticamente a criação de uma comissão internacional imparcial para investigar a fundo esse ato horrendo. Não permitiremos que a influência corrosiva da narcopolítica minem nossos valores democráticos e a integridade de nossas instituições”, afirmou o partido em seu comunicado.

window.twttr = (function(d, s, id) {
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0],
t = window.twttr || {};
if (d.getElementById(id)) return t;
js = d.createElement(s);
js.id = id;
js.src = “https://platform.twitter.com/widgets.js”;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);

t._e = [];
t.ready = function(f) {
t._e.push(f);
};

return t;
}(document, “script”, “twitter-wjs”));

Enlutado pela perda de seu “amigo e líder corajoso”, o partido fez um apelo à população equatoriana para que honrem a memória de Fernando Villavicencio, compartilhando apenas informações verificadas e confiáveis, enquanto desencorajam a disseminação de notícias falsas nas redes sociais.

“Neste momento de tristeza e reflexão, prestaremos nossas homenagens a nosso ‘Presidente Valente’, lembrando seu legado e a dedicação que ele tinha pela causa pública. Com a mesma determinação que sempre caracterizou nosso líder insubstituível, anunciaremos em breve as decisões apropriadas para o prosseguimento do processo eleitoral marcado para 20 de agosto”, afirmou o partido em sua declaração.

O Movimento Construye também revelou que está avaliando a possibilidade de nomear um novo candidato para substituir Fernando Villavicencio nas eleições do próximo dia 20, enfatizando a importância de manter “viva a luta democrática do partido” e “avançar com coragem para enfrentar os desafios políticos futuros”.

Deixe sua opinião

Como você se sentiu com o conteúdo dessa matéria?

Veja mais matérias que causaram reações nos leitoresAtualizado às

Encontrou algo errado na matéria?comunique errosSobre a Gazeta do PovoxSobre a Gazeta do Povo

Fonte: GAZETADOPOVO.COM.BR