Pênis pequeno: produtos do dia a dia podem interferir no tamanho

Um estudo conduzido por cientistas da Universidade de Pádua, na Itália, concluiu que os produtos químicos emitidos por frigideiras antiaderentes e outros produtos, os PFCs (sigla em inglês para compostos perfluorados), podem impactar o crescimento do pênis , deixando-o significantemente menor e mais fino.

shutterstock Alguns poluentes podem ser a causa de o seu pênis ser menor do que a média, de acordo com estudo italiano

A pesquisa para descobrir os efeitos desses poluentes sobre o pênis , liderada pelo médico doutor Andrea Di Nisio, contou com a participação de 383 jovens com idade próxima aos 18 anos, sendo 212 deles residentes de uma região altamente exposta aos PFCs, e 171 deles de outro lugar, com menos influência dessas substâncias.

Ela foi realizada na região do Vêneto, onde fica Pádua, que de acordo com o Daily Mail , é uma das quatro zonas no mundo com a maior concentração desse tipo de poluente, que era utilizado até 2013 na produção de Teflon.

Foi determinado que a exposição aos PFC s, seja ainda no útero ou já durante a infância e a adolescência, pode deixar o órgão sexual masculino até 12,5% mais curto, e 6,3% mais fino que o de homens saudáveis.

Em centímetros, as medidas do órgão flácido de homens altamente expostos a esses produtos químicos era, em média, de 8,75 cm. Nas regiões em que havia menos poluição, ela aumentava para 10 cm.

Como os PFCs afetam o pênis

O pênis pode ser 12,5% menor quando houver exposição aos PFCs durante a gestação da mãe ou na adolescência shutterstock O pênis pode ser 12,5% menor quando houver exposição aos PFCs durante a gestação da mãe ou na adolescência

Isso acontece porque, como apontado pelo estudo, as moléculas de PFCs se “grudam” às de testosterona, o hormônio sexual masculino, reduzindo o nível dele no sangue.

Ao Daily Mail , os pesquisadores declararam que a magnitude do problema é alarmante, já que os primeiros estudos denunciando os PFCs foram em 1977 – ou seja, gerações inteiras continuaram a ser afetadas pelos problemas causados por esses poluentes desde o fim dos anos 1970.

 Ereção, tamanho, formato, disfunções: entenda tudo sobre seu pênis

Dentre outras consequências de tal contaminação estão redução na saúde e na mobilidade do esperma e uma distância menor entre o escroto e o ânus, que indica menor fertilidade.

Quando a contaminação ocorre ainda no útero, segundo o Daily Mail , ela leva a um nível maior de hormônios femininos na vida adulta – e portanto, a uma redução da genitália. Caso ela ocorra durante a adolescência, pode influenciar as mudanças na produção hormonal que ocorre durante esta fase.

Onde esses poluentes podem ser encontrados

Frigideiras com Teflon estão entre os inúmeros itens que contém PFCs   e que podem estar comprometendo seu pênis Getty Images Frigideiras com Teflon estão entre os inúmeros itens que contém PFCs – e que podem estar comprometendo seu pênis

Boa parte dos produtos industrializados contém PFCs, e eles vão de frigideiras com teflon a embalagens de fast food, passando por pratos de papel, roupa à prova d’água e até mesmo cosméticos, colas e remédios. A contaminação pode se dar tanto através da ingestão de água e alimentos como pelas vias respiratórias.

Apesar dos mais de 40 anos dedicados ao estudo desses poluentes, os efeitos potencialmente cancerígenos estão apenas começando a serem compreendidos pela comunidade científica, segundo o Daily Mail .

 Tamanho do pênis é documento? Saiba a resposta e como isso afeta a vida sexual

Portanto, os PFCs não só afetam o pênis , como também trazem uma série de outras consequências à saúde, que ainda estão em fase de estudo e compreensão ao redor do mundo – e que, segundo o Daily Mail  , levaram a substância a ser considerada um perigo em lugares como Dordrecht, na Holanda, Shandong na China e a Virgínia Ocidental, nos EUA.

Fonte: DELES.IG.COM.BR