Empresária troca carreira estável para  vender leite fresco

Arquivo pessoal Einat Eisler Carasso, CEO do Freshmania, nasceu em Israel em uma fazenda comunitária.

Inspirada pela conexão que ela e a família sempre tiveram com a comida vinda diretamente da fazenda, Einat Eisler Carasso decidiu abrir uma startup focada em entrega de leite fresco em domicílio. Após 2 anos do início da empresa, a Freshmania se tornou um sucesso, com um faturamento de R$ 150 mil ao mês. Einat conversou com o iG Delas e conta sua história. 

IG DELAS: Como surgiu a ideia de criar o seu próprio negócio? Como tudo começou?

Einat Eisler Carasso: História longa… Na verdade, tudo isso começou a muitos anos atrás, logo quando eu nasci. O meu nome é diferente, Einat, muita gente tem até medo de falar (diz em meio a risos). O meu nome é hebraico, nasci em Israel, em uma fazenda coletiva, chamada  kibutz, por isso eu sempre tive essa relação de proximidade com o alimento, com a fazenda da casa onde eu nasci, que dava  para sentir o cheiro de leite fresco. Além disso, a minha família sempre teve uma forte relação com leite, o meu pai trabalhou por muito tempo com leite e minha avó também era muito ligada aos alimentos. O segmento de alimentação sempre esteve muito presente na minha vida. O meu pai, durante os anos 1980, era responsável por uma empresa de entrega domiciliar de leite fresco, e ele sempre falou dessa vontade de resgatar esse projeto, que foi se perdendo com o tempo, essa conexão com a fazenda, com a origem dos produtos e a história deles. E, no ano passado, vendo essa crescente tendência de produtos mais naturais e de produtores locais querendo se conectar com os seus consumidores, nós decidimos lançar a Freshmania.

Agora você pode acompanhar todos os conteúdos do iG Delas pelo nosso canal no Telegram.  Clique no link para entrar no grupo.  

IG DELAS: Como as pessoas à sua volta reagiram quando você disse que iria  abrir o seu próprio negócio?

Einat Eisler Carasso: Foi muito natural, na verdade, porque sempre vez parte da nossa vida, quem nos conhece na vida particular sabe que esse foi quase um caminho natural. Eu vim do mundo do marketing e da estratégia, fui muito dessa área de entender o consumidor e de sempre querer entender o que está acontecendo no mercado. Foi uma evolução natural do que a gente sempre fez nos últimos anos como profissionais.

IG DELAS: Como você se sentiu quando percebeu as dimensões da sua empresa? Era algo esperado?

Einat Eisler Carasso: Na verdade, era sim, algo esperado, eu não começaria nada se eu não tivesse certeza que a gente não estaria bem estruturado e com responsabilidade para os nossos clientes,  nós nos planejamos muito bem,  principalmente porque estamos lidando com um  alimento muito delicado, é coisa muito séria. 

IG DELAS: Você falou muito sobre essa conexão  dos alimentos com as raízes, a família e dessa busca dos consumidores por alimentos mais naturais. Como você enxerga isso?

Arquivo pessoal

A Freshmania entrega os leites em até 48 horas após o pedido.

Einat Eisler Carasso: Essa é uma tendência que vem vindo de antes da pandemia, mas sem dúvida nenhuma ela foi acelerada pela Covid19, e a facilidade de muitas empresas entregando em casa produtos direto da fazenda. As pessoas também estão se importando cada vez mais com que elas estão colocando na mesa de suas famílias, elas olham os rótulos dos produtos, leem os ingredientes, elas querem  saber qual é história por trás daquela marca e as pessoas que trabalham nela. As pessoas também querem saber como os animais são tratados, “como a vaca é tratada?”, “existe uma preocupação ambiental naquela produção?”, cada vez mais os consumidores querem consumir histórias e verdades. Então nós vemos muita essa relação, por isso no Freshmania nós nos preocupamos muito com esses pontos, nós selecionamos muito bem  as pessoas com quem trabalhamos e conhecemos as pessoas que estão por trás daquelas marcas. Nós acreditamos que o consumidor valoriza muito isso e vai valorizar cada vez mais essas características.  

Siga também o perfil geral do Portal iG.

IG DELAS: Uma dúvida que muitas pessoas possam ter é como vocês mantêm a qualidade e a segurança dos leites frescos? 

Einat Eisler Carasso: Isso é muito importante e é essa é uma questão que ainda falta a gente educar o nosso consumidor. Nem todo mundo sabe que o leite fresco é apenas pasteurizado e não ultrapasteurizado, ele é super natural, não tem nada de conservantes, nada de aditivos. Por isso ele só dura 18 dias, essa é primeira coisa diferente do leite longa vida, o de caixinha. A segunda coisa é ele precisa estar sempre refrigerado, em uma temperatura de no máximo 7C°, inclusive, nós criamos uma caixinha especial para aguentar essa refrigeração e manter esse leite fresco. 

IG DELAS: Quais são os futuros planos para a sua empresa? 

Einat Eisler Carasso: São muitos, mas enfim… a expansão da marca e dos consumidores. No momento estamos apenas na capital de São Paulo, estamos pensando em outras cidades. Também queremos aumentar a fidelidade dos nossos consumidores, apesar de ela já ser alta, raramente os nossos clientes deixam de comprar com a gente, dificilmente eles nos abandonam. Além disso, estamos desenvolvendo um aplicativo.

Fonte: DELAS.IG.COM.BR