Biblioteca cria regra para livros destruídos por pets travessos

Biblioteca cria regra para livros destruídos por pets travessos

Reprodução A biblioteca usa as imagens dos cães e dos livros destruídos em suas redes sociais

A Biblioteca Pública de Middleton, em Wisconsin, EUA, costuma receber frequentemente livros emprestados que foram danificados por animais de estimação, principalmente cães. A instituição cobrava uma taxa por bens danificados, ou reportava-os como perdidos, caso o estrago fosse irreversível. 

Agora, eles criaram uma nova regra, na qual tutores ficam isentos da cobrança se fornecerem à biblioteca uma imagem do culpado. A instituição costuma compartilhar as fotos em suas redes sociais, como forma de homenagear os devoradores de livros. 

Reprodução

A Biblioteca Pública de Middleton isenta taxas para livros danificados por animais de estimação se os proprietários enviarem uma foto do culpado

Rebecca Light, bibliotecária de serviços de apoio da Biblioteca Pública de Middleton, contou que a ideia foi inspirada em ação semelhante tomada pela Biblioteca Pública de Worcester, que recentemente ofereceu a oportunidade de isenção de multas após compartilhar a foto de um gato.

Embora o programa tenha sido desenvolvido pensando nos cães, a biblioteca está aberta para aceitar fotos de todos os tipos de agressores peludos. “Até agora apresentamos quatro cães mastigadores, mas estou ansiosa pela diversidade de animais que poderemos ver”, disse Rebecca. 

Em uma postagem, a biblioteca anexou uma foto de Sky, um Labradoodle australiano de um ano, e seu jantar… o livro ‘Iron Flame’, de Rebecca Yarros. Os seguidores adoraram a ideia e se divertiram com a exposição do “meliante”. 

Quer ficar por dentro das principais notícias do dia? Clique aqui e faça parte do nosso canal no WhatsApp 



Fonte: CANALDOPET.IG.COM.BR