Mais transmissível, outra variante do coronavírus é encontrada no Brasil

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Um grupo de pesquisadores brasileiros identificaram mais uma variante em território nacional, a mutação do coronavírus é potencialmente mais transmissível. A mutação já é encontrada em 4 das 5 regiões do Brasil, e assim como a variante p.1, que saiu do Amazonas, a nova variante exige cuidados.

O grupo de pesquisadores são de várias regiões do país, de cinco diferentes centros científicos e universitários. Os pesquisadores, analisaram e sequenciaram geneticamente 195 amostras de vírus, que foram coletadas em 39 municípios de diferentes estados.

Três das amostras analisadas, acusaram uma nova variante do coronavírus que ainda não tinha sido identificada, a mutação encontrada nessa nova variante é responsável por deixar o vírus ainda mais transmissível. Após a pesquisa e a obtenção dos resultados, os pesquisadores enviaram o documento a diferentes bancos de dados públicos nacionais e internacionais, além de solicitar a aprovação da publicação de um artigo em uma famosa revista científica internacional.

var vitag = vitag || {};
vitag.outStreamConfig = {
distanceBottom: 65, // 0- 120 px,
}
vitag.videoDiscoverConfig = { random: true, noFixedVideo: true }; (vitag.Init = window.vitag.Init || []).push(function () { viAPItag.initInstreamBanner(“vi_937432432”) });
(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1021620.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

A variante do coronavírus foi identificado com a mutação E484K em sua proteína S, a mutação é responsável por dar ao vírus uma maior capacidade para infectar os seres humanos, tal mutação é encontrada na variante britânica e na brasileira p.1. Os pesquisadores ainda concluíram que desde agosto de 2020 essa mutação do coronavírus circula no país.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

A nova linhagem do vírus é uma variante da já mutação brasileira p.1. Ainda não foi confirmado se essa nova mutação é mais resistente aos anticorpos já gerados por quem foi infectado ou ainda por quem já se vacinou, assim podendo causar uma reinfecção ou uma infecção mesmo que já imunizado.

Continue Lendo Comunicar Erro
(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1014215.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
var script=document.createElement(‘script’);script.src=’https://backstage.i7.network/tags/728a61cb4d272644/index.js?rd=’+(Math.random()*10000000000000000);document.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(script);script.onload=function(){new i7Tag({‘placement’:’i7_articles_feed’});}
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

Fonte: I7NEWS.COM.BR