Homens e idosos são principais vítimas dos casos graves de Covid-19

De acordo com um estudo realizado com 178 mil pacientes no Brasil, sendo que 33 mil tiveram o diagnóstico confirmado para Covid-19, homens e idosos são as principais vítimas dos casos graves e mortes causadas pela doença. Vale ressaltar que esses dois grupos já eram considerados mais suscetíveis a Covid-19, contudo, essa é a primeira vez que tais constatações foram apresentadas de uma maneira sistematizada.

O estudo foi liderado pelo professor Helder Nakaya, da Universidade de São Paulo (USP), e contou com a participação do pesquisador Bruno Bezerril, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) Bahia. O resultado da pesquisa foi divulgado pelo International Journal of Infectious DIseases. E não foi só isso, além de Helder e Bruno, o estudo também contou com a participação de diversos especialistas de várias instituições tanto nacionais quanto internacionais.

O resultado foi divulgado na página oficial da Fiocruz nesta segunda-feira, 17. Considerando diversos dados, como células sanguíneas, gases no sangue arterial, eletrólitos, hormônios, enzimas, biomarcadores de câncer, entre outros, os cientistas envolvidos com a pesquisa estabeleceram um perfil laboratorial dos pacientes do coronavírus.

Desta forma, ficou comprovado que pacientes idosos do sexo masculino possuem valores laboratoriais significativamente anormais, isso incluindo marcadores inflamatórios mais elevados se comparados com mulheres idosas.

De acordo com o estudo, pacientes mais idosos e do sexo masculino possuem uma maior tendência a ter um descontrole maior da inflamação.

Continue Lendo Comunicar Erro

Fonte: I7NEWS.COM.BR