STF pede informações ao governo sobre cronograma para entrega de vacinas

Vacinação no Brasil tem sofrido atrasos por conta da falta de insumos Agência Brasil Vacinação no Brasil tem sofrido atrasos por conta da falta de insumos

O ministro Ricardo Lewandowskido Supremo Tribunal Federal (STF), solicitou informações ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e ao ministro da Saúde, Marcelo Queirogasobre a desatualização do cronograma de recebimento de vacinas contra a Covid-19 para operacionalização do Plano Nacional de Imunização (PNI).

O despacho de Lewandowski foi proferido nos autos de ajuizada pela Rede Sustentabilidade . O partido diz que falta transparência ao governo e sustenta que não divulgar o cronograma detalhado de recebimento de doses viola preceitos fundamentais relacionados à defesa da saúde.

Por isso, a Rede pediu a concessão de cautelar para que se determine a publicação do cronograma no site do governo federal e sua atualização com a frequência mínima de 15 dias.

Lewandowski, ao pedir as informações, considerou a importância da matéria e a emergência de saúde pública decorrente do surto da Covid-19. O ministro deu prazo de cinco dias para resposta.

Veja o despacho na íntegra:

Fonte: SAUDE.IG.COM.BR