Covid-19: as imagens que revelam o colapso na Índia na pandemia

BBC News Brasil

Covid: as imagens que revelam o colapso na Índia na pandemia Reprodução: BBC News Brasil Covid: as imagens que revelam o colapso na Índia na pandemia

A Índia tem visto um aumento muito forte nos casos de covid-19 nos últimos dias e vive uma situação de colapso, com hospitais na capital e em todo o país recusando pacientes após ficarem sem oxigênio e leitos.

As ambulâncias equipadas com oxigênio são escassas e tem sido difícil para as famílias conseguirem transportar pacientes para hospitais, mesmo que encontrem um leito.

A situação é particularmente aguda na capital, Delhi, onde pessoas morrem em hospitais por falta de oxigênio.

O país registrou um recorde global de novos casos pelo quinto dia consecutivo. Foram 320 mil novos casos de infecção nesta terça (27) e o número de mortos se aproxima de 200 mil.

Mulher chora de frustração REUTERS/Danish Siddiqui Tristeza e frustração: casos diários de coronavírus na Índia atingem novos recordes mundiais e número de mortos se aproxima de 200 mil Mulher deitada à espera de assistência médica EPA Mulher deitada à espera de assistência médica; Delhi tem uma das melhores instalações de saúde da Índia, mas chegou a mais de 99% dos leitos de terapia intensiva ocupados Uma paciente com covid 19 em suporte de oxigênio à espera de admissão em meio à falta de leitos, no Hospital LNJP, em 22 de abril de 2021 em Nova Delhi Getty Images Com falta de leitos na Índia, muitos ficam à espera de admissão no hospital

Crematórios também lutam para dar conta

O efeito devastador é evidente nas imagens que chegam dos crematórios de todo o país.

Famílias angustiadas esperam horas para realizar cerimônia de despedida e há cremações em massa enquanto as cidades ficam sem espaço para homenagear os mortos.

Você viu?

Cremação em massa de vítimas que morreram devido à covid 19 é vista em um crematório em Nova Delhi, Índia, em 22 de abril de 2021 Reuters Cremação em massa de vítimas da Covid-19 em Nova Dhéli, em foto aérea de 22 de abril de 2021

Jornalistas em várias cidades contestaram números oficiais, muitas vezes depois de passar dias fora dos crematórios para contar os mortos.

Estimativas sugerem que as mortes estão subnotificadas e em algumas cidades são dez vezes maiores do que o que está sendo relatado.

A BBC Gujarat informou na semana passada que um crematório na cidade de Surat estava funcionando há tanto tempo que o calor começou a derreter parte de sua chaminé. Mas as autoridades ainda não revisaram os números.

Um familiar exausto, sentado em um banco, antes de realizar os últimos ritos para as vítimas da covid em um campo de cremação em Vasai, nos arredores de Mumbai, Índia, 13 de abril de 2021 EPA Um familiar exausto antes de realizar os últimos ritos para vítimas da covid em um campo de cremação em Vasai, nos arredores de Mumbai, Índia Em um crematório em Delhi, homem aguarda cremação de membro da família que morreu de coronavírus Reuters Em um crematório em Delhi, homem aguarda cremação de membro da família que morreu de coronavírus profissional de saúde ao lado do corpo de um homem que morreu de covid 19 Reuters Espera para cremação em Delhi: profissional de saúde ao lado do corpo de um homem que morreu de covid-19 Piras funerárias em crematório na cidade de Lucknow, uma das mais atingidas na Índia Sumit Kumar Piras funerárias em crematório na cidade de Lucknow, uma das mais atingidas na Índia Parentes e funcionários municipais realizam os últimos ritos para as vítimas de Covid 19 em local de cremação em Mumbai EPA Parentes e funcionários municipais realizam os últimos ritos para as vítimas da covid-19 em local de cremação em Mumbai

Todas as imagens são protegidas por direitos autorais.

Fonte: SAUDE.IG.COM.BR