Crostas na cabeça do bebê: o que é, como surge, cuidados e limpeza da melhor maneira

As crostas que surgem na cabecinha do recém-nascido nos seus primeiros dias de vida se chama dermatite seborreica. Apesar de ser um nome um pouco difícil, a condição que acomete os pequenos costuma atingir aproximadamente dois terços dos bebezinhos. Por mais que essas casquinhas causem preocupação, especialmente naqueles que são pais pela primeira vez, a condição costuma ser inofensiva e temporária.

Quando a condição acomete os pequenos que acabaram de nascer, as casquinhas são chamadas de crosta láctea e não provocam maiores irritações. Contudo, vale ressaltar a importância de cuidar e fazer a limpeza da maneira correta para que a criança fique com a saúde e o bem-estar em dia.

Para identificar a crosta láctea, os pais precisam ficar de olho no couro cabeludo do recém-nascido para ver se vai começar a descamar. Quando isso ocorre começa a formação de casquinhas ou placas. Muita gente não sabe, mas é possível que isso aconteça em outras regiões do corpinho da criança. Em alguns casos pode até se estender aos ouvidos, virilha, cantinhos do nariz, sobrancelhas e axilas.

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1021620.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

Afinal de contas, as casquinhas aparecem por qual motivo?

Apesar do nome ser crosta láctea, a condição não tem nenhuma relação com leite materno e nem ligação com falta de banho. Conforme especialistas, o aparecimento pode ocorrer por estímulos hormonais que acabam passando através da placenta. Outra causa é a produção das glândulas sebáceas que liberam uma quantidade grande de secreção gordurosa na pele do recém-nascido.

Qual a melhor maneira de cuidar da crosta láctea?

É necessário cuidar e fazer a limpeza da maneira correta para evitar possíveis desconfortos para o recém-nascido. Geralmente, os cuidados são simples e uma dica importante é evitar lavar os cabelinhos do pequeno em todos os banhos. Use produtos específicos na higienização dos bebês, ou seja, shampoo e condicionar próprios para crianças. Usar um óleo de bebê no couro cabeludo e nas regiões que estão descamando também ajuda bastante.

Continue Lendo Comunicar Erro
(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1014215.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

Fonte: I7NEWS.IG.COM.BR