Instagram anuncia que banirá posts de ‘cura gay’ e ‘cura trans’

O Instagram afirmou, nesta sexta-feira (10), que banirá postagens que realizem a propagação da chamada ” terapia de conversão sexual “, que quer alterar a orientação sexual ou a identidade de gênero de uma pessoa, a chamada ” cura gay “.

Leia também

No início de 2020, o Instagram já havia anunciado que não permitiria anúncios deste tipo. Para a rede social, estes conteúdos podem ser divulgados em formato de rede de aconselhamento, orientações para “rezar para os gays” e até postagens de violência sexual .

Unsplash/Luke van Zyl Instagram anuncia que irá banir posts sobre “cura gay” e “cura trans”

De acordo com Tara Hopkins , diretora de políticas públicas do Instagram para Europa, Oriente Médio e África, “Não permitimos ataques contra pessoas com base em orientação sexual ou identidade de gênero. Estamos atualizando nossas políticas para proibir a promoção destes serviços.”

A porta-voz também afirmou que levaria tempo para atualizar todas as políticas e o conteúdo sinalizado pelos usuários não serão removidos imediatamente.

Até mesmo após a resolução da OMS (Organização Mundial da Saúde), que retirou a homossexualidade da lista de doenças mentais, as denominadas “terapias de conversão sexual” são utilizadas afora e se pautam na teoria de que seria possível mudar a orientação sexual de uma pessoa.

Países como Estados Unidos , Canadá , Chile e México estão revisando suas leis sobre estes tratamentos. Brasil , Equador e Malta têm proibições nacionais de terapia de conversão. Já a Alemanha proibiu o tratamento para menores em maio deste ano.

De acordo com a agência Reuters, Harry Hitchens , co-fundador do grupo Ban Conversion Therapy, afirmou que a atitude da rede social é “um passo na direção certa, mas teríamos que esperar e ver exatamente que tipo de ação eles tomariam”.

O grupo de Hitchens mandou, na quinta-feira (9), uma carta aberta à Ministra da Igualdade da Grã-Bretanha, Liz Truss , requisitando que ela “introduzisse uma proibição verdadeiramente eficaz da terapia de conversão para todas as pessoas lésbicas, gays, bi, trans e de gênero no Reino Unido”.

A carta conta com assinaturas de artistas como Elton John e Dua Lipa . Além disso, o escritor e ator Stephen Fry também assinou.

De acordo com uma pesquisa mundial da ONU , de 1.641 sobreviventes da terapia de conversão, 46% identificaram os autores como trabalhadores do serviço médico e de saúde mental. Enquanto 19% eram autoridades religiosas e curandeiros tradicionais.

Fonte: tecnologia.ig.com.br/2020-07-10/instagram-anuncia-que-ira-banir-posts-sobre-cura-gay-e-cura-trans.html