WhatsApp bane mais de mil contas depois de denúncias ao TSE

Reprodução WhatsApp bane mais de mil contas do aplicativo

O WhatsApp baniu mais de mil contas do aplicativo que fizeram disparo de mensagens em massa no primeiro turno das eleições municipais. Todas elas foram denunciadas através de uma  plataforma em parceria entre o mensageiro e o Tribunal Superior Eleitoral ( TSE ).

Leia também

De acordo com o TSE , o canal recebeu 4.759 denúncias entre os dias 27 de setembro e 15 de novembro. Além de proibido pelo WhatsApp , o envio massivo de mensagens também não é permitido pela legislação eleitoral brasileira. 

Desse total de denúncias, o TSE descartou as que não se tratavam de eleições , encaminhando o restante ao WhatsApp. Após avaliação, 1.004 contas foram banidas do mensageiro .

“Dentre as contas banidas, mais de 63% já tinham sido bloqueadas de forma proativa e automática pelo sistema de integridade do WhatsApp, antes mesmo de serem reportadas”, afirma o TSE.

O Tribunal ainda destacou a importância das denúncias enviadas pela população para evitar crimes eleitorais como o disparo massivo de mensagens. “O disparo em massa de mensagens é uma prática proibida, passível de punição nas eleições. Os eleitores devem estar atentos e denunciar atividades suspeitas que desequilibrem o processo eleitoral”, afirma Aline Osorio, secretária-geral da Presidência do TSE.

Fonte: tecnologia.ig.com.br/2020-11-19/whatsapp-bane-mais-de-mil-contas-depois-de-denuncias-ao-tse.html