Brasileiro vai pagar mais imposto para usar o Facebook? A polêmica declaração de Jair Bolsonaro

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Jair Bolsonaro deu uma declaração polêmica nesta segunda-feira (15), durante uma viagem a Santa Catarina. O presidente não só criticou o Facebook, como também disse que é a favor de aumentar a tributação das redes sociais presentes no Brasil.

Ao criticar as políticas adotadas pelas mídias sociais que veem procurando combater as fake news, Bolsonaro declarou que “o certo é tirar de circulação” alguns dos grandes jornais do país, entre eles, O Globo, Folha, Estado de S. Paulo e até o site O Antagonista.

O presidente alegou que não fará isso porque é democrata, mas afirmou que O Globo, Estadão, Antagonista, entre outros, são “fábricas de fake news”. Para Jair Bolsonaro, naqueles casos em que alguém possa extrapolar, então é só recorrer à Justiça.

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1021620.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Durante o desabafo, o mandatário reclamou por ter sido bloqueado pelo Facebook enquanto a mídia que fala tanto em liberdade de expressão, se calam diante de tal acontecimento.

Esta não foi a primeira vez que o presidente criticou o Facebook por sua política contra a disseminação de fake news e também para inibir os discursos violentos.

!function(t){var o=!1;t(“body, html”).bind(“touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel”,function(e){0==o&&t.getScript(“https://platform.twitter.com/widgets.js”),o=!0})}(jQuery);

Um vídeo que mostra Bolsonaro reclamando do Facebook foi compartilhado no Twitter e recebeu centenas de comentários, sendo que muitos deles eram críticas pelo fato do presidente falar em aumento de impostos, ainda mais para redes sociais.

Quando conversou com alguns de seus apoiadores na sexta-feira, dia 13, em frente ao Palácio do Alvorada, o presidente afirmou que foi impedido de enviar imagens de notas fiscais pelo Facebook. A Folha chegou a procurar a rede social para comentar a respeito das acusações feitas pelo presidente, mas o Facebook não se pronunciou.

Continue Lendo Comunicar Erro
(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1014215.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://assets.revcontent.com/master/delivery.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
var script=document.createElement(‘script’);script.src=’https://backstage.i7.network/tags/728a61cb4d272644/index.js?rd=’+(Math.random()*10000000000000000);document.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(script);script.onload=function(){new i7Tag({‘placement’:’i7_articles_feed’});}
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

Fonte: I7NEWS.IG.COM.BR