O seu aplicativo Caixa Tem está com problemas? Você não foi o único, e esta é a explicação oficial

O aplicativo para celular criado pela Caixa para o acesso das contas digitais onde estão sendo depositados as quantias referentes ao auxílio emergencial de R$ 600 está passando por problemas de ordem técnica. De acordo com o banco, o problema se deve ao acúmulo na atualização de seu banco de dados, o que é comum no início de cada mês.

Caixa fala sobre instabilidade em app

Conforme o vice-presidente de tecnologia da CEF (Caixa Econômica Federal), Cláudio Salituro, a atualização foi concluída na tarde desta quinta-feira (2). Não apenas para a movimentação do auxílio emergencial, o aplicativo Caixa Tem também está sendo utilizado para os saques especiais do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

Com a atualização concluída, Salituro garantiu aos clientes do banco e utilizadores do aplicativo que a estabilidade irá retornar ainda na tarde desta quinta-feira. Ele explica que, como ocorre em todos os bancos, o aplicativo atualiza as bases de dados todas as noites, consumindo dados no sistema da instituição financeira.

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1021620.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

Lentidões no sistema da Caixa viram alvo de queixas

Desde o início da semana, mais precisamente na última terça-feira (30), os usuários que tentam acessar os sistemas da Caixa, sejam o site oficial, o internet banking ou o Caixa Tem, têm relatado problemas de ordem operacional, sobretudo uma grande lentidão.

As mesmas queixas estão se repetindo por várias pessoas, em diferentes locais do Brasil, desde o dia em questão. Quanto à grande demanda pelo uso de seus serviços, a Caixa garante que está fazendo grandes investimentos em melhorias para que o fluxo de usuários simultâneos possa ser atendido.

Continue Lendo Comunicar Erro
(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1014215.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://assets.revcontent.com/master/delivery.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
var script=document.createElement(‘script’);script.src=’https://backstage.i7.network/tags/728a61cb4d272644/index.js?rd=’+(Math.random()*10000000000000000);document.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(script);script.onload=function(){new i7Tag({‘placement’:’i7_articles_feed’});}
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

Fonte: I7NEWS.IG.COM.BR