Threads explodiu em popularidade, mas agora já perde para o Twitter

Threads explodiu em popularidade, mas agora já perde para o Twitter

Reprodução/Google Play Store Threads já é menos popular que o Twitter no Google

O  Threads tem feito bastante sucesso desde que foi lançado na última semana pela Meta para competir com o Twitter. Mas sua popularidade caiu tão rápido quanto subiu, de acordo com dados do Google Trends analisados pelo portal iG.

No dia 6 de julho, dia seguinte ao seu lançamento, o Threads explodiu em buscas no Google no Brasil, chegando ao pico máximo de interesse registrado pela plataforma de monitoramento Google Trends. Esse, porém, foi o único dia em que a nova rede social ultrapassou o Twitter em popularidade no buscador, retornando a patamares inferiores aos do concorrente já no dia seguinte. Confira:

Reprodução/Google Trends Gráfico compara popularidade dos termos Threads e Twitter no Google

Por que o Threads perdeu popularidade no Google?

O analisar os termos relacionados às principais buscas envolvendo o Threads e o Twitter, é possível entender que, por enquanto, o Threads ainda não substitui o Twitter no que diz respeito à ser a “casa” dos assuntos do momento.

Enquanto todas as 25 principais buscas relacionadas ao Threads no Google na última semana são referentes ao aplicativo em si – como “o que é” ou “como funciona” -, as principais buscas sobre o Twitter são, em grande parte, referentes a assuntos que bombaram na plataforma na última semana – como a  polêmica envolvendo um ator de Turma da Mônica .

Isso significa que o novo aplicativo bombou logo no primeiro dia porque despertou curiosidade nos usuários, mas ainda não se tornou a principal plataforma para assuntos gerais – posto que ainda é ocupado pelo Twitter.

Se isso significa que o processo de substituição das redes sociais vai demorar um pouco mais ou que o Threads nunca ocupará o lugar do Twitter, isso só o tempo dirá.

Por enquanto,  executivos da Meta deram declarações afirmando que o Threads sequer tem a intenção de substituir o Twitter no que diz respeito a ser a rede social dos assuntos gerais – como política, fofocas e notícias.

Adam Mosseri, chefe do Instagram, rede social “mãe” do Threads, disse que notícias e conteúdos políticos não serão impulsionados na nova rede social. “A meta não é substituir o Twitter. A meta é criar uma praça pública para comunidades no Instagram que nunca abraçaram o Twitter e para as comunidades no Twitter (e outras plataformas) que estão interessadas em um lugar menos raivoso para as conversações”, declarou Mosseri.

Por enquanto, o  Threads sequer tem funcionalidades bastante básicas existentes no Twitter, como hashtags, tópicos em destaque e buscas por termos. Isso significa que, até o momento, a própria construção da rede social impede que assuntos específicos viralizem e virem “Trending Topics”, como acontece no concorrente.

Threads ainda tem popularidade

Apesar de possivelmente não englobar o mesmo público do Twitter, gerando engajamento em buscadores como o Google, a popularidade do Threads de modo geral ainda segue em alta.

Desde seu lançamento até esta sexta-feira (14), o aplicativo segue sendo, dia após dia, o mais baixado no Brasilde acordo com dados da plataforma data.ai analisados pelo portal iG. Além disso, em apenas cinco dias de funcionamento, o  Threads alcançou a marca de 100 milhões de usuárioscerca de metade da quantidade de usuários ativos no Twitter.

Conheça o Threads, rival do Twitter


Fonte: TECNOLOGIA.IG.COM.BR