Veja as cidades mais ocupadas no verão de 2021 e como evitar aglomerações

shutterstock Os turistas procuram cidades mais próximas para visitar

As férias de verão estão aí e a procura por viagens aumentam. Mas com a pandemia do coronavírus , as buscas por hotéis e por cidades mudou. Segundo a rede hoteleira OYO Latam, das festas de final de ano para janeiro de 2021, os hotéis mais ocupados mudaram: antes, Búzios e Porto Seguro eram as mais procuradas e ocupadas. Hoje, cidades como Jaguaripe, próxima de Salvador e Navegantes em Santa Catarina são mais procuradas que capitais. 


Perdeu? Mostramos de Novo

Segundo a OYO, isso se dá por conta da mudança de comportamento de viajantes na pandemia. Com o aumento de casos, a tendência turística de viagens de curta distâncias e feitas de carro, destinos próximos às capitais e a hotelaria independente com hotéis de até 20 quartos voltam a ser a opção dos viajantes brasileiros nesse período ainda de pandemia. 

Para Eduardo Zucareli, vice-presidente de operações da OYO Brasil, o impulso do Natal e Ano Novo foi crucial e hoje os viajantes prestam atenção a destinos próximos de casa, para evitar aglomerações e também pelos valores.”Os hóspedes têm a oportunidade de explorar destinos regionais incríveis, mas é sempre importante lembrar que os turistas sigam a indicações das autoridades de saúde, evitando aglomerações e respeitando todas as recomendações como o uso da máscara e álcool em gel, praticar o distanciamento social e respeitar as medidas da Secretaria de Saúde do Estado e dos municípios”, diz. 

Confira a lista de cidades mais ocupadas no verão:

  • Jaguaripe – 100% de ocupação
  • Nova Lima – 100% 
  • Uberlândia – 82% 
  • Piracicaba – 82%
  • Teresina – 79%
  • Navegantes – 73%
  • Capão da Canoa – 73%
  • São Sebastião – 72%
  • Praia Grande – 70%
  • Jacutinga – 69%
  • Guarujá – 69%
  • Vila Velha – 67%
  • Canguçu  – 66%
  • Florianópolis – 63%
  • Cedral – 62%
  • Teresópolis – 61%
  • Tamandaré – 61%
  • Canindé de São Francisco – 60%
  • Nerópolis – 60%
  • Mangaratiba – 59%
  • Como saber se o seu hotel é seguro:

    Para saber se não tem riscos de visitar um hotel, Eduardo aponta algumas características de  hotéis seguros e que seguem os protocolos. “Na hora de buscar um local para ficar, selecione somente os que tenham alguma certificação de limpeza reconhecida, como o WTTC, o conselho mundial de viagem e turismo. Chegando ao local, faça a sua própria análise e converse com o hoteleiro sobre as medidas de segurança. É importante que todos façam a sua parte”, diz.

    E claro, não esqueça dos próprios protocolos. “Siga as indicações das autoridades de saúde, evite aglomerações, respeite o distanciamento social e utilie máscara e álcool gel sempre, respeitando também as normas da cidade e estado que está”, afirma. 

    Fonte: TURISMO.IG.COM.BR