Fiat alcança marca de 500 Mil unidades produzidas do Mobi

Fiat alcança marca de 500 Mil unidades produzidas do Mobi

Divulgação A versão Trekking é a mais cara do subcompacto – R$ 73.599

A Fiat  celebrou a produção de 500 mil unidades do Fiat Mobi que se tornou o carro mais popular da marca no Brasil desde seu lançamento em 2016. O hatch compacto chegou com a missão de assumir o posto de carro de entrada da Fiat e mais tarde substituiu o Unoque foi um sucesso de vendas por 37 anos, com mais de 4,4 milhões de unidades produzidas, mas saiu de linha devido ao seu porte maior e ao custo de produção mais elevado. O Mobi, por outro lado, trouxe uma abordagem jovem e é conhecido por sua mobilidade, graças ao seu tamanho compacto e eficiência econômica.

No período de janeiro a setembroo compacto da Fiat emplacou quase 52 mil unidades, posicionando-se em sexto lugar em vendas no mercado brasileiro e liderando a categoria, superando seu concorrente direto, o Renault Kwid. No entanto, esse número ainda não é grande suficiente em comparação ao ano passado, que ultrapassou 72 mil unidades vendidas. Além disso, o Fiat Mobi também é exportado para outros 12 países na América Latina, incluindo Chile, México e Uruguai. Do total de 500 mil unidades produzidas, 423 mil permaneceram no Brasil, enquanto 77 mil foram destinadas à exportação.

Divulgação Com 3,57 m de comprimento, o Mobi é um dos menores carros à venda no Brasil

O vice-presidente sênior da Fiat na América do Sul, Herlander Zola,  afirmou que o Mobi é pequeno, mas possui um espírito gigante.O Mobi é a prova de que tamanho não é documento. Chegar à marca de meio milhão de unidades produzidas é a comprovação de que, apesar de ser um carro compacto, ele tem um espírito de gigante. Desde seu lançamento, o Mobi tornou-se uma boa escolha para quem busca um carro econômico, prático e cheio de estilo. Isso fica evidente em seu número de vendas, já que ele tem estado sempre entre os veículos mais comercializados do Brasil”. 

O Mobi 2024 é vendido em duas versões : a Like, de entrada, e a Trekkingcom preços entre R$ 69.990 e R$ 73.599tornando-se o único veículo zero quilômetro vendido por menos de R$ 70.000 no Brasil. Por sua vez,  o Renault Kwid apresenta duas versões com preços a partir de R$ 71.190 para a Zen, a versão de entrada, e R$ 74.090 para a Intense. A variante Trekking do Mobi proporciona uma experiência mais aventureira, caracterizada por uma suspensão mais elevada e proteções plásticas nos para-lamas.

A versão de entrada inclui direção hidráulica, ar-condicionado, travas e janelas dianteiras elétricas, além de desembaçador traseiro e dianteiro.

Divulgação O porta-malas leva apenas 200 litros de capacidade

Já a opção Trekking traz adições como uma central multimídia de 7 polegadas com suporte para Android Auto e Apple CarPlay sem fio, volante multifuncional, rack no teto, porta USB, ajustes de altura para o banco do motorista, entre outros recursos.

O motor, por surpresa, não tem intuito de trazer nenhuma esportividade, mas desempenha bem com sua configuração 1.0 aspirada em ambas as opções. O compacto da Fiat entrega 71 cv de potência com gasolina e 74 com etanoltudo isso acoplado a um câmbio de 5 marchas, e oferece um torque de 9,7 kgfm a 3250 rpm. A aceleração de 0 a 100 km/h leva 14 segundos e tem velocidade máxima de 152 km/h. Contudo, os números que interessam ficam para o consumo: o veículo alcança 13,5 km/l na cidade e 15 km/l na estrada com gasolinaenquanto com etanol, faz 9,6 km/l na cidade e 10,4 km/l na estrada.

Fonte: CARROS.IG.COM.BR