Ex-funcionário ateia fogo em posto de combustível para se vingar de ex-patrão

Um jovem de 22 anos foi preso nessa segunda-feira (10) após atear fogo em um posto de combustível desativado sob a “alegação” de estar se vingando do ex-patrão, com quem disse ter um atrito.

A Polícia Militar foi acionada com a informação de que um homem estaria quebrando a vidraça e ateando fogo no escritório de um posto desativado no Bairro Jardim Tropical, em Cuiabá.

Uma equipe da PM foi até o local e acionou o Corpo de Bombeiros para controlar as chamas. Em seguida, os policiais saíram em busca do suspeito de ter dado início ao fogo.

Os policiais receberam a informação de que o acusado havia fugido em direção ao Bairro Barbado, pela Avenida General Melo, e foram nessa direção.

O suspeito foi encontrado no telhado de uma casa. A ele foi dada ordem de parada e feito um pedido para que se entregasse. O homem, no entanto, continuou andando em cima do telhado.

Confissão

Ao perceber que estava cercado, no entanto, ele acabou se entregando. Já detido, ele confessou que havia ateado fogo no posto de combustível e justificou dizendo que causou o incêndio por vingança, pois havia trabalhado no posto e tido um atrito com o ex-patrão.

O acusado ainda acabou com alguns machucados pelo corpo, pois, antes de ser preso, caiu do telhado de uma casa e danificou o chuveiro do banheiro da residência.

Ele foi preso e encaminhado para a Central de Flagrantes de Cuiabá, onde o caso foi registrado como dano e incêndio.

Encontrou algo errado na matéria?

Fonte: OLIVRE.COM.BR