Ministro da Economia diz que ‘preço do arroz está subindo porque os pobres estão comprando mais’

A alta do preço do arroz tem sido um dos assuntos mais comentados dos últimos dias no Brasil. Recentemente, muitos cidadãos tomaram um baita susto após chegarem no mercado e se depararem com o preço do produto, que é um alimento essencial para a maioria das pessoas e que é um item pertencente à cesta básica, a qual é extremamente importante para a sobrevivência de muitos.

Na última terça-feira (15/09), o Ministro da Economia, Paulo Guedes, falou a respeito o aumento no preço que está sendo cobrado pelo arroz, cuja inflação da alta chegou a 19,2%. Ele atribuiu o valor elevado às compras que tão sendo feitas pelas pessoas de baixa renda.

A pauta de consumo dos mais vulneráveis e dos mais frágeis é justamente a alimentação e a construção da casa própria. Então está havendo um boom da construção na baixa renda e nos supermercados”, falou Guedes durante uma videoconferência com a Telecomunicações do Brasil.

O Ministro acredita que os pobres passaram a comprar mais depois que a pandemia começou, considerando que uma grande quantidade de famílias carentes passaram a receber o benefício do auxílio emergencial, no valor de R$ 600,00 (R$ 1.200,00 para chefes de família).

O preço do arroz está subindo porque eles estão comprando mais – está todo mundo comprando mais“, completou Paulo Guedes, ainda durante a transmissão ao vivo. Ele ainda acredita que a elevação no valor que tem sido cobrado pelo produto nos supermercados é temporário e revelou que uma grande safra do alimento deve vir no início do próximo ano.

i7 News