Filho enterra a própria mãe, vítima de Covid-19, por falta de coveiro em cemitério na Paraíba; caso comove

Um caso registrado na cidade de Riacho dos Cavalos, na Paraíba, gerou forte revolta e comoção. Um agricultor de 47 anos, identificado como Franciberto Vieira Carneiro, afirma que foi obrigado a enterrar a própria mãe, Elizabete Vieira Carneiro, de 68 anos, vítima da Covid-19, após o coveiro do cemitério municipal informar que não esperaria o corpo da vítima chegar.

O funcionário da prefeitura deixou a cova aberta e teria deixado o cemitério. O caso ocorreu no dia 1º de maio, mas somente agora os familiares resolveram tornar público, após outro caso ocorrido nesta quinta-feira (10), vir à tona, no mesmo município.

De acordo com informações dos familiares, o sepultamento ocorreu dentro do horário no qual o cemitério funciona. Em entrevista ao portal UOL, Franciberto disse que chegou ir até a casa do coveiro, mas o homem falou que era para os familiares terminarem o enterro, após ele abriu a cova. 

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1021620.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

“Fui obrigado a me expor, sem equipamento necessário, porque não ia deixar o corpo da minha mãe sem enterro. Estou tornando o caso público para que outras famílias não passem pela mesma situação que passamos”, disse o filho da vítima, que sepultou a mãe com auxílio de funcionários da empresa funerária contratada.

Em posicionamento, a família Carneiro disse que irá acionar o Ministério Público da cidade de Catolé do Rocha para denunciar o caso. A mulher ficou cinco dias internada em uma unidade hospitalar de Pombal e acabou não resistindo. 

Segundo Franciberto, ele se isolou em casa após o sepultamento da mãe sem a realização dos protocolos cabíveis, e já realizou um exame para detectar se contraiu o coronavírus durante o sepultamento dela. Ele disse não apresentar nenhum tipo de sintoma, mas decidiu fazer o teste por precaução.

Continue Lendo Comunicar Erro
(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1014215.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://assets.revcontent.com/master/delivery.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
var script=document.createElement(‘script’);script.src=’https://backstage.i7.network/tags/728a61cb4d272644/index.js?rd=’+(Math.random()*10000000000000000);document.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(script);script.onload=function(){new i7Tag({‘placement’:’i7_articles_feed’});}
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

Fonte: I7NEWS.IG.COM.BR