“Hoje alguém tem que morrer”, diz homem ao ameaçar familiares e policiais em Espigão do Oeste

A Polícia Militar foi solicitada porque um homem estaria fazendo ameaças com uma faca ao padrasto e sua própria mãe no último domingo, 19 de julho em Espigão do Oeste.

Quando a guarnição chegou ao local, os policiais fizeram contato com o autor, que também fez ameaças aos militares.

O homem bastante alterado disse que a vida não fazia mais sentido, e que naquele dia “alguém teria que morrer”.

Foi iniciado um diálogo com o homem para que ele deixasse a faca. Após um longo período de conversas o homem concordou em deixar a faca.

Quando ele entregou a faca, policiais o imobilizaram para manutenção da integridade da guarnição e para sua própria segurança.

Em seguida o mesmo foi conduzido até a UNISP onde permaneceu a disposição da justiça.

Fonte: Espigão Alerta