Pais denunciam que hospital ficou com bebê recém-nascido, porque eles não podiam pagar a conta

Um caso bastante incomum tem circulado na internet e provocando espanto em muitas pessoas. Isso porque um casal, que acaba de ter bebê, acabou tendo que ‘vender’ a criança para o hospital, por não ter dinheiro para pagar a conta. Eles são humildes e não sabem escrever nem ler.

O caso aconteceu na cidade de Agra, que fica localizada no estado indiano de Uttar Pradesh. Shiv Charan e sua esposa Babita, de 36 anos, foram ao Hospital Agra na hora que a mulher estava prestes a ter seu bebê, mas não esperavam o que ainda estava por vir.

O parto ocorreu por meio de uma cirurgia cesariana; e o bebê veio ao mundo. Mas, na hora de pagar as despesas, o casal alegou à unidade de saúde que não tinha dinheiro suficiente para arcar com os custos do procedimento, que era equivalente a 100 mil rúpias, aproximadamente R$ 7449,00.

 

O casal, então, teve que deixar o filho recém-nascido. Eles alegam que o hospital o pegou como forma de pagar os custos da cesariana. Depois que a situação veio a público, mais cinco casais também resolveram expor casos da mesma natureza, alegando que não tinham dinheiro para quitar a dívida da unidade de saúde, que queria seus bebês pela conta.

 

O magistrado distrital Prahbu N Singh abriu uma investigação no hospital onde o caso aconteceu e advertiu que, se a suposta venda fosse comprovada, seriam tomadas “medidas apropriadas“. Enquanto isso, alguns ativistas já se manifestaram sobre o assunto e estão orientando a família sobre os passos a serem seguidos para reaver seu bebê.

 

Fonte: www.i7news.com.br/