Governador em exercício diz que será o primeiro a tomar vacina contra covid-19 em Rondônia

O Governador do Estado em exercício, José Jodan, disse em coletiva de imprensa na tarde de ontem (8), que será o primeiro a tomar a vacina contra a covid-19. 

Questionado pelo jornalista João Paulo Prudêncio, do Rondoniaovivo, Jodan disse em tom de brincadeira que quer receber o imunizante o mais rápido possível.

Eu vou ser o primeiro né, eu não tenho 75 anos ainda e não quero passar na frente de ninguém, desculpa a brincadeira, mas eu não tenho dúvidas”, comentou.

Ainda em sua fala, Jodan disse que acredita na vacina que o Ministério da Saúde (MS) irá disponibilizar.

 “Tá tendo esse jogo que aí que a vacina é perigosa, mas não é nada disso, a Agevisa, nosso pessoal, os profissionais, ninguém quer o mal da população não”, finalizou. 

Na coletiva de imprensa de ontem, o Secretário Estadual de Saúde, Fernando Máximo, anunciou que o MS irá disponibilizar 68 mil doses do imunizante ainda em janeiro e que o Governo pretende começar a vacinar o grupo prioritário também neste mês.

 A vacina que deve chegar ao Estado é CoronaVac produzida pelo Insituto Butantan, de São Paulo, em parceria com o laboratório Sinovac, da China. Outro imunizante que também pode chegar este mês é a vacina da Universidade de Oxford, no Reio Unido, em parceria com a AtraZeneca.

As duas aguardam aprovação da Anvisa.

 O Governo de Rondônia ainda anunciou mais de 1 milhão de seringas já disponíveis para o começo da vacinação.

Rondoniaovivo