Índia libera exportações comerciais de vacinas contra Covid-19 para o Brasil nesta sexta-feira (22)

De acordo com a CNN, a Índia liberou a exportação da vacina contra o coronavírus. As primeiras remessas do imunizante serão enviadas para o Brasil e Marrocos na próxima sexta-feira (22), afirmou o secretário de Relações Exteriores da Índia. Na última quarta-feira, já havia indícios de que essa liberação seria feita, a informação foi passada pelo colunista Igor Gadelha e pelo jornalista Mathias Brotero, direto de Brasília, enviado especial do canal de notícias de televisão por assinatura.

Desenvolvidas pela farmacêutica britânica AstraZeneca e pela Universidade de Oxford, as vacinas estão sendo fabricadas no Serum Institute of India, sendo o maior produtor de imunizantes do mundo, a instituição também recebeu encomendas de vacinas do mundo todo. Nesta quinta-feira (21), em alguns blocos onde são produzidas essas vacinas, aconteceu um incêndio de grandes proporções, mas não foi atingido o setor que produz o imunizante contra a Covid-19.

Segundo o ministro Harsh Vardhan Shringla, das Relações Exteriores, o fornecimento para comercialização da vacina deveria começar na sexta-feira, conforme acordo firmado pelo primeiro-ministro Narendra Modi, de que toda produção da Índia seria usada pelo mundo inteiro para acabar com a pandemia.

“Seguindo essa visão, respondemos positivamente aos pedidos de fornecimento de vacinas manufaturadas indianas de países de todo o mundo, começando pelos nossos vizinhos“, disse ele, referindo-se ao fornecimento gratuito.

Harsh ainda disse que a entrega das quantidades de vacinas, que foram encomendadas pelos governos, também começará a chegar partir de amanhã. Brasil e Marrocos, seguidos de África do Sul e Arábia Saudita. O Brasil ainda aguarda 2 milhões de doses de vacina adquirida pela Fiocruz, um avião chegou a ser enviado para buscar o imunizante, mas foi barrado em Recife, pois não havia confirmação, por parte do governo indiano, de que o produto seria fornecido.

Continue Lendo Comunicar Erro

Fonte: I7NEWS.COM.BR