Policial conta o que o ajudou a entender que pedido de pizza no 190, na verdade, era um pedido de socorro

Ganhou grande repercussão em todo o Brasil, nesta semana, o caso da mulher que ligou ao telefone de emergência da Polícia Militar, o 190, pedindo uma pizza. Embora chegue a soar estranho e até mesmo parecer mais um dos inúmeros trotes direcionados à polícia, o pedido da mulher rapidamente foi compreendido pelo policial militar que atendeu sua ligação.

Segundo ele, foi possível entender que o caso se tratava de um pedido de socorro por conta do tom de voz da mulher, que parecia apreensiva e demonstrava medo e até receio durante sua fala.

De acordo com a Polícia Militar, o caso se deu na noite da última terça-feira (25). “A solicitante pediu uma pizza. No momento indaguei que se tratava da Polícia Militar. Ela confirmou que sabia que ligava para a Polícia Militar.

Pelo tom de voz eu percebi que algo não estava normal, aparentava estar com medo e receio de que algo poderia acontecer”, revelou Cassio Junior dos Santos, policial militar que atendeu a ligação.

Fonte: i7news