Menina de 11 anos morre e irmã desabafa em profunda tristeza: ‘Covid tirou minha menina’

Mais de 580 mil brasileiros já morreram em decorrência da Covid-19. A doença causada pelo coronavírus tem feito vítimas de todas as idades. Na segunda-feira (30), uma menina de 11 anos morreu na cidade de Cascavel, oeste do estado do Paraná. A informação foi confirmada pela prefeitura.

Priscilla Lucietto tinha apenas 11 anos e contraiu a Covid-19. No dia 21 de agosto, ela testou positivo, de acordo com informações passadas pela família. A adolescente tinha asma, comorbidade que a colocava no grupo de risco para doença causada pelo coronavírus.

Internada no Hospital Policlínica, em Pato Branco, ela não resistiu e morreu. A morte da menina abalou toda a família. A irmã dela, Camila Lucietto, deu entrevista à RPC, afiliada da TV Globo no Paraná, e desabafou sobre a triste perda.

Camila afirmou que a dor que sente é tão forte que nem consegue explicar. Ela lamentou o fato de que a partir de agora chegará em casa e não encontrará mais a irmã. “Agora Deus está com ela”, disse Camila. A jovem também pediu às pessoas que continuem se cuidando.

“Não deixem a máscara, não deixem o álcool, porque, infelizmente, a Covid tirou minha menina de mim”, desabafou em profunda tristeza. Os cuidados listados por Camila são, de fato, importantes para ajudar no combate ao coronavírus.

Vacinação de adolescentes

Algumas cidades brasileiras já começaram a vacinar adolescentes. É importante se atentar a data de vacinação e não perder a chance de ser imunizado. Lembrando que a imunização é completa após tomar as duas doses da vacina.

i7 News