Aparentemente surtado, homem de 34 anos incendeia casa, avança com faca contra policial, leva tiro no pé e acaba preso

Autor do incêndio poderia ter morrido asfixiado se não fosse ação de PM e Bombeiros

Na noite de ontem, após constatarem que havia um homem de 34 anos tentando atear fogo a uma casa no bairro Barão de Melgaço III, em Vilhena, moradores acionaram o corpo de Bombeiros e a Polícia Militar.

Quando as duas corporações chegaram juntas ao local e constataram que havia fumaça saindo da residência, um policial e um Bombeiro pularam o muro e arrombaram a porta do imóvel.

Dentro da casa, os dois militares encontraram um homem de 34 anos, que estava com uma faca em punho. Ele avançou com a arma branca contra o PM, que fez dois disparos, atingindo o agressor em um dos pés.

Após dominar o homem e controlar as chamas, a equipe do CB levou o baleado para receber atendimento na UPA. Aparentemente surtado, o autor do incêndio poderia ter morrido asfixiado pela fumaça se ambas as instituições militares não tivessem agido.

Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação