Caminhoneiro de Vilhena, que faria 72 anos, e jovem de Alvorada do Oeste morrem após acidente na BR 364

Batida aconteceu nas proximidades da Casa da Uva, em Presidente Médici

O site acaba de confirmar que era morador de Vilhena o caminhoneiro que faria 72 anos no próximo dia 26 de maio e que morreu na manhã deste sábado, 14, após uma batida entre a carreta que ele dirigia e uma caminhonete na BR 364.

O site apurou também que morreu no local, além do vilhenense Josué Antônio da Silva, um rapaz de 22 anos, identificado como Gabriel Alves de Souza. O jovem, que dirigia a SW 4, era morador da cidade de Alvorada do Oeste, onde sua família atua no comércio e na pecuária.

A PRF está atendendo a ocorrência, mas ainda não há informações oficiais sobre o acidente fatal, que aconteceu entre Cacoal e Presidente Médici, nas proximidades da Casa da Uva.

Segundo contou à reportagem um agente funerário que recolheu os corpos, tanto o veterano caminhoneiro quanto o jovem comerciante viajavam sozinhos em seus respectivos veículos e morreram na hora em decorrência do violento impacto da colisão.

O corpo de Josué será trazido para Vilhena, onde serão realizados o velório e o sepultamento.

Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação