Adolescente ‘chora sangue’ e busca explicação médica; caso impacta interior paulista e preocupa familiares

Um caso ocorrido no pequeno município de Adolfo, interior paulista, chamou atenção de todos os populares da região e intrigou a família da adolescente Doris T. M. P. Há cerca de uma semana, a jovem de 15 anos começou a chorar “lágrimas de sangue”.

Encaminhada para atendimento médico, a garota ainda não ouviu respostas concretas sobre a motivação para o fato curioso ocorrer. Segundo a mãe da adolescente, Juliana Teixeira de Miranda, de 36 anos, a filha começou a passar mal no dia 10 deste mês, com dores abdominais. Como tem pedra nos rins, ela foi conduzida para a Unidade Básica de Saúde (UBS) da cidade. Dois dias depois, ela voltou a se sentir mal, e voltou ao hospital, e dessa vez apresentou sangramento no nariz, sendo medicada e liberada.

No dia seguinte, no entanto, veio a surpresa. Ao acordar, Doris percebeu que seus olhos estavam cheios de lágrimas de sangue.

“Quando vi meu olho cheio de sangue eu chamei minha mãe. Fomos para UBS. Chegando lá, o médico observou, me deu soro e disse que nunca tinha visto algo parecido. Depois da medicação, ele me liberou para ir para casa e pediu para eu retornar caso acontecesse novamente”, lembra.

Reincidência

Desde o último domingo (13), a adolescente viu a situação se repetir diariamente. Encaminhada para uma bateria de exames entre tomografia e diagnóstico facial, Doris não teve nenhum problema detectado pelos médicos que justificaria as lágrimas de sangue.

Diante da ausência de um diagnóstico, os médicos orientaram a jovem realizar outros exames nesta semana para tentar encontrar o real motivo de um caso tão atípico. Apesar da situação incômoda, Doris afirma não sentir nenhum dor, contudo, a falta de respostas vem preocupando a família da jovem.

 

Fonte: www.i7news.com.br/