Donald Trump e esposa testam positivo para o coronavírus, comprometendo a campanha à presidência dos EUA

Donald Trump anunciou através de suas redes sociais que foi infectado pelo novo coronavírus. A mensagem foi publicada no perfil oficial do presidente dos Estados Unidos no Twitter. Além dele, a primeira-dama, Melania, também testou positivo para a Covid-19.

O presidente declarou para o seu eleitorado que iniciará o processo de quarentena com a esposa. Os dois estão focados na recuperação do casal, um dando forças para o outro. “Nós começaremos nosso processo de quarentena e recuperação imediatamente. passaremos por isso juntos!”, escreveu Trump.

 

Os Estados Unidos são o epicentro global do coronavírus. O agente infeccioso já matou mais de 200 mil pessoas, além de milhões de contaminados. O diagnóstico positivo de Donald Trump acontece pouco tempo após ele dizer que “o fim da pandemia está à vista”, em meio a discussões a respeito da retomada das atividades e flexibilização do isolamento social.

Coronavírus de Donald Trump prejudica eleições

O diagnóstico positivo de Donald Trump pode prejudicar a sua corrida presidencial. Restam 33 dias para as eleições à Casa Branca, e o presidente deve ficar ao menos 14 dias em isolamento social, fora das atividades programadas para a campanha eleitoral. A medida é necessária ainda que esteja assintomático, tendo em vista a potencialidade de ser um disseminador do agente infeccioso.

Antes de Trump, uma de suas assessoras mais próximas, Hope Hicks, também anunciou, através de suas redes sociais, que foi diagnosticada com o coronavírus. Ela esteve em um compromisso oficial do presidente, às vésperas para o primeiro debate, em Ohio.

 

Fonte: www.i7news.com.br