Idoso morre em chiqueiro e tem a carne dos dois braços devorada pelos porcos famintos

Um idoso de 61 anos faleceu na tarde desta quinta-feira (7) na cidade de Brasilândia, localizada a cerca de 380 km de Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul.

Luiz Veiga Vila morava na zona rural da cidade, e o seu corpo foi encontrado dentro de um chiqueiro.

A descoberta foi feita por um primo da vítima que, ao chegar no local, deparou com o familiar caído no espaço destinado aos porcos.

Os relatos indicam que o idoso teve os dois braços devorados pelos porcos depois de morto.

As informações constantes no boletim de ocorrência indicam que os animais arrancaram praticamente toda a carne dos membros superiores da vítima para se alimentarem.

As causas da morte ainda não foram descobertas, e deverão passar por investigação pericial.

Ao chegar na casa do familiar, o primo de Luiz Veiga Vila não o encontrou dentro de casa.

Entretanto, a porta principal do imóvel estava aberta, e a televisão ligada, o que causou estranheza no homem, pelo fato da vítima não ter esse hábito.

Ao final do dia, retornou pela segunda vez ao imóvel e, dada a ausência do primo, decidiu ingressar em sua procura.

Foi quando se deparou com a vítima caída no chiqueiro dos porcos, já sem vida, e com os braços devorados pelos animais.

O caso foi registrado no assentamento Porto João André, em Brasilândia.

Não há informações a respeito de outras pessoas que moravam com a vítima.

A possibilidade de o idoso ter sofrido um mal súbito enquanto tratava dos animais não foi descartada, e deverá ser objeto de análise dos investigadores no decorrer das apurações.

Fonte: i7 News