Homem luta contra a morte há quatro dias preso em poço de grande profundidade

Um homem vive uma luta que já dura quatro dias na cidade de Montitlán, estado de Colima, no México, desde que ficou preso nas profundezas de um poço de 12 metros. O homem de 36 anos conta com o apoio de socorristas locais que trabalham arduamente na tentativa de livrá-lo do local. As suspeitas são de que um deslizamento de terra tenha provocado o incidente.

Na última sexta-feira (16), as autoridades locais receberam um chamado dando conta de que um trabalhador estaria preso no fundo do poço. Ele caiu no buraco e foi soterrado. Apesar da gravidade da ocorrência, o homem segue vivo e consegue respirar, recebendo água, soro e alimentação a partir de uma mangueira.

O local onde o homem está soterrado é considerado de difícil acesso, sobretudo por conta das condições do solo que, segundo os socorristas, apresenta é “argiloso, muito instável e de material não compactado”. O sinal de telefone também é ruim na região, dificultando a comunicação entre os envolvidos no resgate.

De acordo com a Unidade de Proteção Civil do município de Cuauhtémoc, a equipe precisou fazer uma mudança de planejamento de última hora. A ideia inicial era tentar remover toda a lama que encobria o homem, mas a instabilidade do terreno do poço tornou inviável a operação.

A Proteção Civil e Polícia Estadual, Proteção Civil de Cuauhtémoc e de Manzanillo, Bombeiros de Colima e Cruz Vermelha de Colima e de Manzanillo trabalham em conjunto no resgate, que conta com o apoio de três retroescavadeiras e uma escavadeira. A Unidade de Proteção Civil do município garante que não irá desistir até libertar o trabalhador.

 

Fonte: www.i7news.com.br/