Bebê morre após ser atacada por cachorro da família enquanto dormia; pai matou o animal

Crianças e cachorros convivendo em perfeita harmonia é muito comum em casas mundo a fora. Aqui no Brasil, por exemplo, você já deve ter visto isso em casas de vizinhos, amigos, parentes ou na sua mesmo.

Crianças e cães costumam animar qualquer casa.

Nos Estados Unidos, porém, a relação da criança com um cachorro terminou em tragédia, de acordo com informações divulgadas pelo Daily Mail.

Uma bebê de dois meses foi atacada pelo cachorro da família no estado da Virgínia e não resistiu aos ferimentos.

Segundo o Daily Mail, a bebê estava dormindo em um balanço eletrônico ao lado da cama de seus pais quando foi atacada pelo pastor alemão.

O cachorro deu mordidas fatais na bebê, que não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo. Os pais contaram que foram acordados por uma “uma grande quantidade de movimento”.

 

Ao verem a criança ferida, a mãe acionou o serviço de emergência, mas a menina de dois meses já estava morta.

O pai da vítima matou o animal, após o ataque sofrido por sua bebê. Pai e mãe não tiveram os nomes divulgados.

Segundo o Daily Mail, o cachorro tinha oito anos e sempre demonstrou comportamento dócil durante toda a vida.

Pastor Alemão costuma ser carinhoso

De acordo com o site Petlove, os pastores alemães são “extremamente fiéis (uma de suas principais características), inteligentes, ativos, protetores, carinhosos, obedientes, elegantes, corajosos, curiosos e, claro, super fofos”.

O ataque a uma bebê de dois meses enquanto ela estava dormindo não condiz com as características desta raça.

 

Fonte: www.i7news.com.br/