Mais mulheres negras na política: conheça oito vereadoras recém eleitas

Nas eleições muncipais de 2020, que aconteceram no último domingo (15), os dados apontam que candidatas negras tiveram números expressivos nas urnas das capitais. Segundo o portal de jornalismo de dados Gênero e Número, mulheres negras representam 48% das vereadoras eleitas nas capitais do país.

De partidos diferentes, com propostas e objetivos diversos, conheça 8 das vereadoras negras eleitas para integrarem as Câmaras Municipais de suas respectivas cidades.

Leia também

 

 Erika Hilton (SP)

Instagram/Reprodução Erika Hilton

A primeira mulher negra e trans a ocupar uma cadeira na Câmara dos Vereadores da capital paulista, foi a mulher mais votada da cidade com mais de 50 mil votos. Erika foi co-deputada no mandato coletivo da Bancada Ativista na Assembleia Legislativa de São Paulo, mas para 2020 decidiu concorrer para vereadora em uma chapa única pelo PSOL.

Carol Dartora (PR)

carol dartora Instagram/Reprodução Ana Carolina Dartora

Com mais de 8 mil votos, Carol se tornou a primeira vereadora negra de Curitiba, no Paraná. Professora formada pela Universidade Federal do Paraná, Carol atua como professora da rede pública. Se elegeu pelo PT defendendo pautas feministas e antirracistas.

Lívia Duarte (PA)

livia duarte Instagram/Reprodução Lívia Duarte

Eleita pelo PSOL em Belém, Lívia fez campanha defendendo os direitos de mulheres negras e criando propostas que pretendem beneficiar mães de família, mulheres que trabalham com cultura e que prentendem empreender.

Dani Portela (PE)

dani portela Instagram/Reprodução Dani Portela

Além de se posicionar pelo direito das mulheres e da população negra, Dani Portela também tem propostas para a população autista e com deficiência, além de focar na importância da educação na primeira infância. Candidata pelo PSOL, foi a vereadora mais votada em Recife.

Tainá de Paula (RJ)

tainá de paula Instagram/Reprodução Tainá de Paula

Na capital fluminense cadeiras da Câmara também serão ocupadas por mulheres negras. Uma delas, por Tainá de Paula, a segunda vereadora mais votada da capital. Candidata pelo PT, Tainá teve a campanha endossada por diversos famosos e conseguiu ser eleita com números expressivos, prometendo levar pautas progressistas e antirracistas para a Câmara dos Vereadoras.

Thais Ferreira (RJ)

thais ferreira Instagram/Reprodução Thais Ferreira

Também na capital do Rio de Janeiro, Thais Ferreira, do PSOL, garantiu seu lugar na Câmara Municipal. Defendendo mais direitos e acesso à saúde para mulheres negras e LGBTQI+, Thais também tem propostas para incentivar a cultura e a economia critiva.

Camila Valadão (ES)

camila valadão Instagram/Reprodução Camila Valadão

Em Vitória, Camila Valadão foi a mulher mais votada para fazer parte da Câmara dos Vereadores. Candidata pelo PSOL, Camila tem propostas para mobilidade urbana e acesso à cidade, além de pautas que beneficiam a diversidade na juventuda e a população negra da capital.

Karen Santos (RS)

karen santos Instagram/Reprodução Karen Santos

Desde 2016 Karen fazia parte do mandato coletivo O Povo Que Batalha. Em 2020 decidiu se candiatar a vereadora pelo PSOL e se tronou a mulher mais votada na cidade. Karen luta pela melhora do transporte público, direito à habitação e melhora na infraestrutura da cidade.

 

 

Fonte: delas.ig.com.br/comportamento/2020-11-16/mais-mulheres-negras-na-politica-conheca-oito-vereadoras-recem-eleitas.html