Aprenda dicas para não errar na hora de preparar um bom molho – Receitas – iG

De que adianta a massa no ponto certo sem aquele molho caprichado? Ele também dá um sabor a mais à carne e outros pratos. Mas fazer um belo molho guarda alguns segredos. 

Em um papo com o  iG Receitas , Clau Poiatti, Food Stylist formada em gastronomia, dá dicas e aponta os erros mais comuns na hora de fazer um bom molho.

Molho de tomate

shutterstock Alguns ingredientes podem deixar o molho de tomate ainda mais gostoso!

Molho de tomate é um clássico, mas ao   é preciso atenção aos temperos e mais algumas dicas para ter um molho realmente saboroso. ”Temperar bem e fazer o uso de um tomate fresquinho ajuda, e muito, em criar um molho de tomate mais saboroso”, reforça Clau.

Para a Food Stylist, Manjericão, alho, cebola e azeite não podem faltar na hora de fazer um bom molho de tomate . ”Com esses ingredientes, o molho de tomate fica com aquele toque de chef, como se fosse preparado em um restaurante”, diz Clau.

Mas cuidado com o fogo alto! ”Muitas pessoas deixam o molho de tomate cozinhando em fogo alto, e isso acaba fazendo ele queimar no fundo da panela”, alerta Clau. ”Caso queime, o melhor jeito de salvar o restante do molho é transferi-lo para outra panela, sem tentar raspar ou recuperar a parte queimada”, ensina.

Ficou com vontade de fazer um bom molho de tomate? .

Molho madeira

Arquivo Junto com cogumelos do tipo champignon, o molho madeira acompanha muito bem diversas proteínas

Mais conhecido por acompanhar diversos cortes de carne assada, o molho madeira também acompanha aves e pescados! 

A dica da especialista para fazer esse molho é usar a praticidade. ”Um sachê de tempero de carne, ou qualquer outro tipo de proteína, já ajuda bastante”, ensina Clau. ”O tablete de tempero também pode servir na hora de fazer a receita, mas acho a versão em sachê mais fácil de utilizar”, completa.

Pensou em fazer o molho madeira em casa? 

Molho bechamel

Divulgação Misturando bem com um fouet, o molho bechamel não corre o risco de empelotar

De origem francesa, o molho bechamel é uma ótima opção para acompanhar massas, legumes e até sopas, mas deve ser preparado com atenção.

Para Clau Poiatti, o segredo para não errar na receita é misturar a farinha com um fouet. ”O segredo para que a farinha não empelote durante o preparo do molho bechamel é usar um fouet! Nada daquelas espátulas de silicone”, ensina a foodstylist. ”Usando o fouet, a manteiga cozinha a farinha com mais facilidade ao misturar, deixando o molho bem lisinho”, completa.

Pensou em fazer o molho bechamel em casa? 

Série “Não Erre”

As dicas para o preparo dos molhos fazem parte de uma série publicada todas as quintas-feiras no iG Receitas, o “Não Erre”. A ideia é dar dicas para acertar no preparo de pratos simples do nosso dia a dia, doces ou salgados. Veja o que já foi assunto da nossa série no infográfico abaixo:

Fonte: receitas.ig.com.br/2020-05-27/nada-de-molho-ralo-sem-tempero-ou-empelotado-veja-dicas-para-nao-errar.html