Casal vilhenense é preso em flagrante na cidade de Guajará-Mirim trazendo droga da Bolívia

Mulher disse que receberia R$ 1 mil para apanhar o entorpecente

Na manhã desta quinta-feira, 23, um homem de 45 anos e uma mulher de 31, moradores de Vilhena, foram presos pela Polícia de Fronteira e Divisas – BPFRON, juntamente com o Núcleo Integrado de Inteligência de Fronteira – NIIF/UNESFRON, na cidade de Guajará-Mirim.

Segundo informações levantadas pela reportagem do FOLHA DO SUL ON LINE, no dia anterior, a polícia do município recebeu uma denúncia dando conta de que um casal iria até a cidade em um veículo Chevrolet Onix de cor branca, com placas OHP-5A82, oriundo da cidade de Vilhena, para buscar drogas.

De posse das informações, o núcleo de inteligência passou a acompanhar a movimentação dos vilhenenses na cidade e, na madrugada, localizou o veículo usado por eles no estacionamento de um hotel, situado na avenida 15 de Novembro, Centro de Guajará-Mirim.

Já no período da manhã, foi realizado acompanhamento do veículo, que saiu do hotel tendo como motorista um homem e uma mulher como passageira.

O casal se dirigiu até um porto clandestino, localizado na avenida 12 de Julho, bairro Cristo Rei, onde o motorista deixou a passageira e saiu do local.

Certo tempo depois, o homem retornou para buscar a mulher e, nas proximidades do Banco do Brasil, os dois foram abordados pela guarnição em campana, tendo sido localizado na bolsa da suspeita, um tablete de cocaína.

Ao ser questionada sobre a procedência da droga, a mulher confessou ter sido contratada pelo valor R$ 1 mil para buscar o produto na Bolívia, que faz divisa com o município, mas que o dono era o motorista.

Diante dos fatos o casal recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a delegacia juntamente com o veículo e a droga apreendida para serem tomadas as devidas providências.

Fonte: FOLHADOSULONLINE.COM.BR