Sistema utilizado pela Emater é exemplo de modernização para os serviços de assistência técnica e extensão rural em Rondônia

Melhorias e praticidade nas atividades de planejamento, execução e acompanhamento das ações de Ater

 

O Sistema de Gerenciamento de Ater (Sigater), utilizado pela Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia (Emater-RO), para gerar e agilizar o acesso às informações sobre a agricultura familiar, tem sido exemplo de modernização nas atividades de assistência técnica e extensão rural (Ater). Mantendo-se sempre atualizado, tanto para os extensionistas que constantemente utilizam-se de seus dados, como para entidades de Ater de outros estados que buscam obter informações, o sistema tem apresentando resultados satisfatórios.

Em recente apresentação realizada através de videoconferência, com a participação dos diretores e técnicos da Emater-RO e do Instituto de Desenvolvimento Rural do Amapá (Rurap), foi feita uma avaliação mais profunda do sistema desenvolvido pela Sigma, para apresentar seu funcionamento, despertando interesse do instituto amapaense.

O Sigater é um sistema de banco de dados que vem sendo consolidado no Estado de Rondônia. Através dele já foram cadastradas mais de 50 mil propriedades rurais cujas informações (principais culturas com área explorada e produção agrícola) já podem ser consultadas.

O Sistema vem sendo atualizado constantemente, sempre buscando melhorias e praticidade nas atividades de planejamento, execução e acompanhamento das ações de assistência técnica em campo. Agora, o sistema busca modernização com a implantação de uma plataforma mobile, que permite ao técnico realizar atendimento virtual lançando os dados através do aplicativo “Minha Emater”. “Com esse aplicativo, o extensionista poderá atender, tanto de forma on-line como off-line”, explica Luciano Brandão, presidente da Emater-RO.

Para Brandão, que também é o vice-presidente da Associação Brasileira das Entidades de Assistência Técnica e Extensão Rural (Asbraer) para a Região Norte, os sistemas de gerenciamento e acompanhamento de Ater visam “modernizar a forma como se aplica a assistência técnica no país, uma vez que todas as unidades das Emateres têm desenvolvido sistemas que atendem às suas necessidades internas com o mesmo objetivo: acompanhamento em tempo real e eficácia nas informações lançadas”.

O aplicativo facilitará a obtenção das informações em tempo real, já que, ao se conectar à internet, o sistema automaticamente sincroniza as informações com o bando de dados. Também será possível imprimir o comprovante de comparecimento através de uma impressora térmica, o que possibilita o acompanhamento das ações que estão sendo aplicadas no campo no momento que elas estão sendo realizadas. “Isso facilita o trabalho do técnico e o acesso dos produtores, pois contará ainda com o atendimento direcionado aos técnicos da área, que poderá conversar com os produtores cadastrados, podendo agendar visitas técnicas, sanar dúvidas, além de receber de forma on-line, informações sobre culturas diversas”, explicou Brandão.

Não é a primeira vez que o Sigater é alvo de olhares positivos para facilitar o gerenciamento de informações dos serviços de assistência técnica e extensão rural e a Emater-RO se coloca à disposição do Instituto Rurap, ou de qualquer outra entidade de Ater que deseja contribuir com a modernização dos serviços de atendimento ao produtor rural.

 

:
Dater envia técnica para conhecer Sistema de gerenciamento da Emater-RO

Sistema de gerenciamento implantado pela Emater-RO desperta interesse de outras empresas

Fonte: RONDONIA.RO.GOV.BR