Município de Corumbiara passa Vilhena e é o maior produtor de soja de Rondônia; Cone Sul plantou 223 mil hectares do grão em 2021

Dados da Idaron ajudam a entender a dimensão da produção de soja no Estado

O município de Corumbiara é o maior produtor de soja do Estado de Rondônia. O de Pimenteiras do Oeste é o segundo. Vilhena, que já esteve em primeiro lugar, agora ocupa o terceiro.

Este novo ranking foi definido de acordo com os últimos dados da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron).

Segundo dados da agência de Porto Velho, os 12 maiores produtores de soja do Estado estão distribuídos na seguinte ordem:

Corumbiara: 49.347 hectares.
Pimenteiras: 42.118 hectares.
Vilhena: 40.648 hectares.
Cerejeiras: 33.749 hectares.
Chupinguaia: =28.443 hectares.
Cabixi: 26.455 hectares.
Rio Crespo: 22.438 hectares.
São Miguel: 15.060 hectares.
Alto Paraíso: 14.573 hectares.
Cujubim: 14.430 hectares.
Triunfo: 11.882 hectares.
Porto Velho: 9.105 hectares.

Ainda de acordo com o mesmo relatório da Idaron, o Estado de Rondônia passou a produzir mais soja de 2020 para 2021. Neste ano são 396.447 hectares, contra 390.000 no ano anterior.

O Cone Sul de Rondônia produziu, neste ano, 223 mil hectares da oleaginosa.

Apesar de serem dados verdadeiros e confiáveis, as informações da Idaron sobre a produção de soja em Rondônia precisam de uma explicação.

Os dados são referentes a apenas a área de jurisdição e não, necessariamente, a área da cadeia produtiva. Por exemplo, o município de Cerejeiras é relativamente pequeno, mas, quando o assunto é soja e milho, é a sede dos municípios de Corumbiara, Pimenteiras do Oeste, Cabixi, Colorado do Oeste e até uma parte do município de Chupinguaia, pois o que é produzido nestes municípios passa por Cerejeiras para ser beneficiado, comercializado e expedido para exportação.

Fonte: FOLHADOSULONLINE.COM.BR