Com corte na garganta, policial militar de Vilhena que também era pastor é encontrado morto em casa

 
Paulo Santos estava fazendo tratamento e afastado da corporação
 
O sargento da Polícia Militar Paulo Santos, lotado no município de Vilhena, foi encontrado morto na manhã deste sábado, 01, na residência onde morava, no bairro Embratel.
 
Segundo um colega de farda, Paulo já estava afastado há algum tempo da corporação para tratamento psicológico, e foi encontrado com um corte profundo na garganta, feito com uma peixeira.
 
O militar, que também já atuou como policial rodoviário estadual, é irmão de um policial de Colorado do Oeste e atuava como pastor na Igreja Shekinah, depois de congregar por anos na Avivamento.
 
 

Fonte: FOLHADOSULONLINE.COM.BR