Vilhenense de 85 anos morre vítima da Covid-19; município atingiu hoje o total de 300 mortes causadas pela doença

 
Segunda a Secretaria Municipal de Saúde, 209 vítimas moravam em Vilhena; 81 eram de outras cidades e estavam internadas na Central Covid de Vilhena
 
Vilhena registrou mais uma morte por Covid-19. A informação foi confirmada pela Secretaria Municipal de Saúde que informou que a vítima foi um homem de 85 anos que residia em Vilhena. Apenas no mês de maio, Vilhena já registrou 23 mortes, elevando para 300 o total de mortes desde o início da pandemia. A Secretaria de Saúde de Vilhena detalha que 209 vítimas eram residentes do município, e as outras 91 eram residentes de outras cidades que receberam tratamento na Central de Atendimento à Covid-19 de Vilhena.
 
Conforme o boletim, 30 novos casos de Covid-19 foram confirmados no município nas últimas horas, elevando para 11.451 o total de vilhenenses infectados com o vírus desde o início da pandemia.
 
Com 506 casos contabilizados nos últimos 14 dias, a média móvel está em 36 casos diários. Um aumento de 49,26% em comparação com a média registrada há 14 dias.
 
Com 469 casos ativos, Vilhena tem hoje 28 pessoas internadas na “Ala Covid” do Hospital Adamastor Teixeira de Oliveira, sendo 19 delas na UTI, 13 intubadas. Ainda segundo o município. O município está com 100% dos leitos da UTI Covid ocupados.
 
Nas últimas horas, 57 pacientes receberam altas médicas. Assim, elevou para 10.772 o total de pacientes curados, resultando em uma taxa de cura de 94,07% no município.
 
VACINAÇÃO
 
Vilhena não teve vacinação nesta sexta-feira. De acordo como última informe sobre a imunização no município, divulgado na quinta-feira, 21, Vilhena aplicou a primeira dose da vacina contra a Covid-19 em 11.939 pessoas e a segunda dose em 7.336 vilhenenses.  
 

Fonte: FOLHADOSULONLINE.COM.BR