COMANDO: Associação do Polo Industrial de Porto Velho tem novo presidente

Após decisão da Associação do Polo Industrial de Porto Velho – APEP, em lançar um nome para disputar uma vaga à Assembleia Legislativa nas próximas eleições e ter o seu nome escolhido por unanimidade, Estênio Júnior transmitiu o cargo de presidente ao seu vice, Iuri Faria, Diretor  Executivo do Grupo Amazonfort.

O ato realizado em reunião ocorrida na sede do Grupo, nesta tarde, contou com a presença da maioria dos associados da APEP.     No discurso de despedida, Estênio Júnior, o até então presidente da APEP, fez um breve relato do mandato, das conquistas e dos retrocessos e enfatizou a necessidade da Associação ter representatividade política, uma vez que as necessidade do Distrito ainda continuam pendentes de soluções – em especial aquelas relacionadas aos poderes públicos.

    “Às vezes, na maioria delas, nem nossos ofícios são respondidos. Ou temos força política, ou os empregos e os impostos que geramos não sensibilizará os governos. O Iuri assume conectado com os anseios de todos e continuaremos juntos, sendo uma pedra nos sapatos dos governos, até sermos atendidos”, afirmou.

    Em sua fala ao assumir o cargo, o novo presidente da APEP, Iuri Faria, agradeceu a confiança de todos, parabenizou Estênio Júnior pelo trabalho realizado e se disse preparado para conduzir a APEP.

    “Temos muito trabalho pela frente e são muitos os desafios. Precisamos encontrar uma forma de demonstrar a nossa gratidão ao Estênio, ao que ele fez para a APEP. O seu projeto político não é só dele, é nosso também, nasceu dentro da APEP. Além disso, temos que profissionalizar a entidade, conforme sugeriu o Gilvan.

O momento agora é para nos profissionalizar e conquistar espaço político. Obrigado mais uma vez a todos pelo apoio e confiança”, agradeceu Iuri Faria, o novo presidente da APEP, sob forte coro de aplausos. Sugestão de Pauta Direito ao esquecimento Reportar Erro

Você acredita que candidatos evangélicos são realmente ungidos de Deus ou são “ungidos” do pastor?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

Fonte: RONDONIAOVIVO.COM