‘Nenhuma tecnologia pode substituir o ser humano professor’

imagem14-10-2023-12-10-39

  O que é ser um professor de Educação Básica nos dias atuais com tanta tecnologia ao redor, com tanto acesso à informação e conhecimento acessível? Que desafios encontramos hoje e que mesmo assim ainda há pessoas querendo seguir essa profissão?   É por que muitas vezes tiramos do nosso bolso certos recursos quando percebemos que o que nos é ofertado ainda não é suficiente para atingir a necessidade daquele aluno em aprender?   E por que tantas vezes pensamos em desistir de tudo ao levantar, mas quando chegamos na escola e somos recebidas com um abraço sincero, um olhar de ternura e um “tia eu te amo”, tudo muda completamente e não conseguimos nos enxergar fazendo outra coisa na vida.

  Ser professora, pra mim, aconteceu muito antes do que eu imaginava. Minha mãe sempre conta que quando me via com as bonecas num cantinho da varanda conversando com elas e com papel e lápis na mão já sabia o que eu seria num futuro. Eu por outro lado só consegui entender quando era estudando da antiga segunda séria (não lembro o ano), mais lembro perfeitamente da minha professora, linda, alegre, amável, brava também (risos), era uma atividade lúdica referente a páscoa, e eu sempre gostava de ficar perto dela para ajudá-la, mas nesse dia ela não deixou, eu por outro lado fiquei tão triste porque não tinha entendido motivo, até que fomos para o intervalo e ao retornar, ela estava toda (dos pés a cabeça) fantasia de coelho. . .

  meus olhos brilharam, eu não conseguia entender o tamanho da dedicação de uma pessoa em prol de tantas outras. . . Era único, esplêndido, fascinante. . .

A partir daquele momento eu tinha certeza do que queria fazer na minha vida (iria além da fantasia de coelho), queria deixar na vida das minhas crianças o mesmo brilho, fascinação que aquela professora lá atrás me deixou.

Hoje eu confesso que não me vejo fazendo outra coisa na minha vida, e entendo o quanto cansativo, desgastante, desvalorizado e até cruel às vezes mais ser professora para mim vai além das reclamações e pessimismo dos dias.

Não precisamos lutar contra as novas tecnologias e nem as julgam que elas tomarão o nosso lugar, nenhuma máquina substitui o ser humano, ainda mais o professor. Nossa profissão é que forma todas as outras. Cabe ao mundo entender e apoiar, professor merece respeito e valorização sim, sempre! Mas cabe a nós entendermos e mudarmos a nós por dentro primeiro, entender primeiro o que te fez ser um professor, porque entre tantas profissões você escolheu aquela que transforma tudo ao seu redor.

Ser professor vai além dos pinceis e quadros brancos, vai além do pátio da escola, ser professor é ser transformador, transformar o que era cinza em colorido, é soprar um ralado no joelho e depois dizer – “Nossa como você é corajoso, continue  assim e não desista!”, ser professor e entregar uma avaliação e olhar nos fundo dos olhos do seu aluno e falar o quanto ele é mais valioso que aquele papel, e o quanto você tem sorte em tê-lo como seu aluno.

Ser professor é acreditar que cada um dos 25 / 30 alunos da sua sala de aula, são sementinhas que você aduba e rega todas as manhãs ou tarde, que conforme você cuida elas irão crescendo e se tornarão grandes e frutíferas.

    Queremos que você entenda, o professor não faz milagres, ele não é um anjo ou um ser supremo vindo de outro planeta que vai mudar tudo em um passe de mágica.

O professor é um ser humano, cheio de falhas, medos, tristezas, angustias e receios, mas procura focar e acreditar naquilo que lhe acredita ser o melhor para o outro. Vai que um dia tenha alguém que com os olhos cheios de lágrimas esteja lembrando daquela professora incrível que sempre acreditou nele enquanto os demais já não o apoiava mais.

Ser professora para mim é uma missão que eu escolhi ter.

  Professor Ruzel Costa Colégio e Curso Sapiens e IFRO – Calama – Porto Velho – RO. Sugestão de Pauta Direito ao esquecimento Reportar Erro

Como você avalia a gestão do Prefeito João Pavan em Alto Paraíso?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

Fonte: RONDONIAOVIVO.COM