SP avaliará circulação da Covid-19 na rede estadual de ensino

DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL Teste rápido é feito a partir da coleta de sangue por picada no dedo

O governo de São Paulo vai realizar um inquérito sorológico para analisar a circulação do novo coronavírus entre alunos e professores da rede de ensino estadual. A ideia é identificar a quantidade de pessoas que já tiveram contato com o novo coronavírus (Sars-CoV-2)  ou que estão com Covid-19.

Leia também

O governo ainda não anunciou quantos testes serão feitos e nem quando terão início. Estas informações só deverão ser divulgadas nas coletivas previstas para a próxima semana.

Por causa da pandemia do novo coronavírus, as aulas presenciais estão suspensas em todo o estado desde março. O retorno oficial das aulas está previsto para 7 de outubro, o que só ocorrerá se 80% do estado estiver por 28 dias seguidos na Fase Amarela e, o restante, há 14 dias nessa fase. A retomada será gradual e, na primeira etapa, vai atingir até 35% dos alunos. A medida valerá tanto para escolas públicas de São Paulo quanto privadas.

A partir do dia 8 de setembro, no entanto, poderão ser retomadas atividades de reforço e de recuperação, mas de forma opcional e somente autorizada para escolas que estejam em regiões que permanecem ao menos há 28 dias na Fase Amarela do Plano São Paulo.

Cada município do estado terá autonomia para decidir se seguirá o cronograma do governo paulista. Eles não poderão retomar as aulas presenciais antes desses períodos. Mas poderão decidir, por exemplo, não retomar aulas neste ano.

Na próxima semana, o governo paulista vai publicar uma resolução para regulamentar a necessidade dos 645 municípios do estado manifestarem se vão ou não aderir ao plano de retomada das aulas.

Descanso

Na próxima semana, o governo decretou um período de descanso para os professores. Entre os dias 24 e 28 de agosto, não haverá aulas e nem reprises do conteúdo escolar. Enquanto os professores descansam, os alunos da rede estadual poderão participar de um programa chamado Hora do Intervalo , que prevê uma programação diferenciada envolvendo atividades lúdicas, oficinas, teatro, desenho, dança e jogos, entre outros. A programação será transmitida por meio do Centro de Mídias SP .

Fonte: saude.ig.com.br/coronavirus/2020-08-21/sp-avaliara-circulacao-da-covid-19-na-rede-estadual-de-ensino.html