Criança descobre rede de aplicativos maliciosos através do TikTok

Reprodução/ Shutterstock Criança descobre rede de aplicativos maliciosos

Graças a uma criança, pesquisadores de segurança conseguiram descobrir um esquema fraudulento de aplicativos tanto do Android quanto do iOS que acumulavam cerca de 2,4 milhões de downloads e permitiu aos seus criadores receber cerca de US$ 500 mil com o ataque, segundo dados da consultoria SensorTower.

Leia também

A descoberta se deu quando uma criança viu um perfil no TikTok promovendo tais aplicativos . Ela resolveu alertar o Be Safe Online, projeto da República Tcheca para denúncia de comportamentos abusivos e suspeitos na internet. A denúncia foi o suficiente para chegar às mãos dos especialistas da Avast , que passaram a investigar o assunto.

Com a investigação, eles descobriram uma rede de aplicativos que prometiam opções de personalização do celular, como papéis de parede, ou então entretenimento e downloads de músicas. No entanto, quando instalados, eles bombardeavam o usuário com publicidade invasiva, mesmo quando o app estava fechado.

Para piorar a situação, os apps também se camuflavam no celular para garantir que o usuário não pudesse removê-los facilmente, já que seu ícone ficava escondido. Alguns dos aplicativos inclusive eram pagos, com valores entre US$ 2 e US$ 10. O esquema também incluía influenciadores em redes sociais para alavancar os apps, sendo que um dos perfis no TikTok contava com mais de 300 mil seguidores.

A Avast agradeceu à menina que alertou sobre o perfil que estava divulgando esses aplicativos . “Sua consciência e sua atitude responsável é o tipo de comprometimento que todos nós devemos demonstrar para fazer do cibermundo um lugar mais seguro”, disse Jakub Vávra, analista na Avast.

Ele também acrescenta que é preocupante que esse tipo de campanha faça uso de plataformas sociais populares entre crianças e adolescentes, que muitas vezes são incapazes de reconhecer ameaças.

A Avast alertou Google e Apple sobre os aplicativos , além do TikTok e do Instagram sobre o comportamento dos usuários que os promoveram. Até o momento, os aplicativos seguem disponíveis nas lojas, e os perfis ainda seguem ativos.

Android

iOS

Perfis sociais

Fonte: tecnologia.ig.com.br/olhar-digital/2020-09-23/crianca-descobre-rede-de-aplicativos-maliciosos-atraves-do-tiktok.html