Twitter contrata empresa da ‘pílula de veneno’ para processar Musk

Unsplash Twitter vai processar Elon Musk

O Twitter está montando um forte time jurídico para processar Elon Musk por desistir de comprar a empresa . De acordo com a Bloomberg, a rede social teria contratado a Wachtell, Lipton, Rosen & Katz, companhia cujo sócio fundador, Martin Lipton, é responsável por ter criado o dispositivo conhecido como “pílula de veneno”, adotado pelo Twitter no início da negociação com Musk .

A “pílula de veneno” é uma forma de proteger acionistas de empresas contra tomadas de poder não desejadas. Logo que Musk anunciou que compraria o Twitter, em abril, a empresa adotou a estratégia para se proteger da oferta.

Desde que o bilionário decidiu encerrar o negócio, na última sexta-feira (8), a empresa tem se organizado para processá-lo. Na própria sexta, o Presidente do Conselho de Administração do Twitter, Bret Taylor, disse que o Conselho “planeja entrar com uma ação legal para fazer cumprir o acordo de fusão”.

Além da empresa criadora da “pílula de veneno”, o Twitter também teria contratado advogados importantes e influentes nos Estados Unidos.

Do outro lado, Musk também está se preparando. O bilionário teria contratado a empresa Quinn Emanuel Urquhart & Sullivan, conhecida por defender a Samsung em um processo de patente contra a Apple e por defender Musk em outras ocasiões.

Fonte: TECNOLOGIA.IG.COM.BR