AO MINUTO: Londres interceta aviões russos; Nuclear? Putin em reunião

AO MINUTO: Londres interceta aviões russos; Nuclear? Putin em reunião

Ao 537.º dia de guerra na Ucrânia, Moscovo continua não só a provocar estragos no país invadido, como também a causar vítimas mortais.

No domingo, ataques na região de Kherson fizeram, pelo menos, sete feridos, entre os quais um recém-nascido, com 23 dias. Também o irmão deste bebé, de 12 anos, e os pais morreram neste ataque, em Shyroke Balka.

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, reagiu a este ataque, tendo dito que Moscovo não ficará sem resposta. “Não há dia em que a Rússia não receba a nossa resposta justa”, disse o chefe de Estado no seu discurso diário.

Já na madrugada desta segunda-feira um ataque de mísseis deixou três pessoas feridas na cidade de Odessa.

DESTAQUES

EM DIRETO

Bombardeiros russos intercetados por caças britânicos a norte da Escócia

Ema Gil Pires | há 6 minutos

Caças britânicos intercetaram, na manhã desta segunda-feira, dois bombardeiros russos de patrulha marítima a norte da Escócia, informou o Ministério da Defesa do país, aqui citado pela Sky News.

James Heappey, o ministro responsável pela pasta das Forças Armadas, explicou que os aviões estavam já “prontos para combater qualquer ameaça potencial ao território do Reino Unido”.

Os bombardeiros em causa – os aviões de patrulha marítima Tu-142 Bear-F e Tu-142 Bear-J – foram identificados quando se encontravam a norte das ilhas Shetland.  São utilizados para fins de reconhecimento e guerra antissubmarina.

Foram intercetados pelas forças britânicas quando abandonavam já a “área de interesse do Reino Unido”.

Rússia ativa caça após avistar aeronave norueguesa junto a fronteira

Teresa Banha | há 1 hora

O Ministério da Defesa da Rússia disse, esta segunda-feira, que ativou um jato MiG-29 depois de ter detectado uma aeronave a sobrevoar o Mar de Barents, a norte dos dois países em questão.

“A tripulação do caça russo identificou o alvo aéreo como uma aeronave R-8A Poseidon de patrulha da Força Aérea Norueguesa”, refere o ministério tutelado por Sergei Shoigu em comunicado, citado pelas publicações internacionais.

Segundo a pasta tutelada por Shoigu, a alegada aeronave norueguesa voltou para trás ao aproximar-se da fronteira  com a Rússia.

Putin reúne-se com diretor da agência estatal de energia nuclear

Teresa Banha | há 1 hora

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, reuniu-se, esta segunda-feira, com o diretor da agência estatal de energia nuclear, Rosatom. De acordo com o Kremlim, o responsável, Alexei Likhachev, terá dito a Putin que Moscovo tem agora tem agora o segundo maior fornecimento de urânio a nível global.

O encontro entre Putin e Likhachev dá-se depois de o ministro da Defesa ter visitado, no fim de semana, um dos maiso famosos locais de testes relacionados com energia nuclear. A visita foi feita na companhia do responsável que se reuniu hoje com Putin.

Bombardeiros russos? "Mostra importância de ativação rápida" dos F-16

Teresa Banha | há 1 hora

O Ministério da Defesa dos Países Baixos reagiu, esta segunda-feira, à passagem de dois bombardeiros pelos céus dinamarqueses, que seguiam em direção à zona neerlandesa sob controlo da NATO.

“Isto não acontece frequentemente, mas o incidente de hoje demonstra a importância de uma ativação rápida”, lê-se num comunicado citado pelas publicações internacionais. 

O ministério sublinhou ainda que os F-16 – aeronaves que interceptaram os bombardeiros russos, obrigando-os a voltarem para trás – estão prontos 24h por dia e “podem descolar em minutos e interceptar uma aeronave não identificada”.

Foi a Força Aérea dinamarquesa que identificou as aeronaves russas que sobrevoavam o Mar Báltico, mas que não terão entrado no espaço aéreo dinamarquês.

Presidente da Polónia frisa que o país tem "interesses" próprios

Lusa | há 1 hora

O Presidente polaco declarou hoje que o seu país continuará a apoiar a Ucrânia, mas pediu que às autoridades de Kyiv entendam que o Governo da Polónia também tem os seus próprios “interesses e obrigações”.

Ucrânia. Presidente da Polónia frisa que o país tem “interesses” próprios

O Presidente polaco declarou hoje que o seu país continuará a apoiar a Ucrânia, mas pediu que às autoridades de Kyiv entendam que o Governo da Polónia também tem os seus próprios “interesses e obrigações”.

Lusa | 13:40 – 14/08/2023

  

Ministro das Finanças alemão em Kyiv para mostrar apoio de Berlim

Lusa | há 2 horas

O ministro das Finanças alemão, Christian Lindner, está hoje em Kiev, a sua primeira deslocação à capital ucraniana desde o início da invasão russa, para demonstrar que a Alemanha está “ao lado da Ucrânia”.

Ministro das Finanças alemão em Kyiv para mostrar apoio de Berlim

O ministro das Finanças alemão, Christian Lindner, está hoje em Kiev, a sua primeira deslocação à capital ucraniana desde o início da invasão russa, para demonstrar que a Alemanha está “ao lado da Ucrânia”.

Lusa | 10:53 – 14/08/2023

Pelo menos três feridos em bombardeamentos russos em Odessa

Lusa | há 2 horas

Três pessoas ficaram feridas hoje durante os bombardeamentos lançados pelas forças russas sobre a cidade ucraniana de Odessa, afirmou o governador da região, acrescentando que foram contados pelo menos 15 ‘drones’ e oito mísseis de cruzeiro neste ataque.

Ucrânia. Pelo menos três feridos em bombardeamentos russos em Odessa

Três pessoas ficaram feridas hoje durante os bombardeamentos lançados pelas forças russas sobre a cidade ucraniana de Odessa, afirmou o governador da região, acrescentando que foram contados pelo menos 15 ‘drones’ e oito mísseis de cruzeiro neste ataque.

Lusa | 10:46 – 14/08/2023

 

Exército ucraniano diz ter recuperado três quilómetros em Bakhmut

Lusa | há 1 hora

O exército ucraniano recuperou três quilómetros de território próximo a Bakhmut, no leste da Ucrânia, um dos alvos da atual contraofensiva das forças de Kiev, anunciou hoje a vice-ministra da defesa ucraniana.

Exército ucraniano diz ter recuperado três quilómetros em Bakhmut

O exército ucraniano recuperou três quilómetros de território próximo a Bakhmut, no leste da Ucrânia, um dos alvos da atual contraofensiva das forças de Kiev, anunciou hoje a vice-ministra da defesa ucraniana.

Lusa | 09:59 – 14/08/2023

  

Ministro da Defesa chinês de visita à Rússia e Bielorrússia (esta semana)

Lusa | há 2 horas

O ministro da Defesa chinês, Li Shangfu, vai visitar esta semana a Rússia e a Bielorrússia, informou hoje o ministério, num período de crescente intercâmbio entre Pequim e Moscovo, apesar da guerra na Ucrânia.

Ministro da Defesa chinês de visita à Rússia e Bielorrússia (esta semana)

O ministro da Defesa chinês, Li Shangfu, vai visitar esta semana a Rússia e a Bielorrússia, informou hoje o ministério, num período de crescente intercâmbio entre Pequim e Moscovo, apesar da guerra na Ucrânia.

Lusa | 09:16 – 14/08/2023

  

Dinamarca interceta dois bombeiros russos em direção a território da NATO

Notícias ao Minuto | há 5 horas

Dois bombardeiros russos foram interceptados nos céus dinamarqueses, em direção de território que os Países Baixam monitorizam para a NATO. A informação foi avançada pela Força Aérea neerlandesa.

Os bombardeiros foram interceptados por dois F-16 neerlandeses na manhã deste desta segunda-feira, antes de serem interceptados – e voltarem para trás.

Segundo um porta-voz da Força Aérea, citado pela Reuters, não é raro que aviões russos violem o espaço aéreo de um país ou se aproximem deles.

"Provocar". Kyiv condena tiros de alerta russos a navio de carga turco

Teresa Banha | há 7 horas

O Ministério dos Negócios Estrangeiros condenou, esta segunda-feira, os tiros de alerta que Moscovo disparou a um cargueiro no Mar Negro no domingo.

“O Ministério dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia condena fortemente as ações provocadoras levadas a cabo pela Federação Russa a 13 de agosto no Mar Negro – em relação ao navio de carga turco ‘Sukru Okan’, que estava a caminho do porto de Izmail”, referiram os responsáveis em comunicado citado pela Reuters.

Segundo o ministério, tutelado por Dmytro Kuleba, estas ações são mais “um exemplo” da política “deliberada da Rússia ao colocar em risco a navegação e trocas comerciais”.

Detidos russos que distribuíam propaganda do Grupo Wagner na Polónia

Teresa Banha | há 1 hora

O ministro do Interior da Polónia, Mariusz Kaminski, disse, esta segunda-feira, que foram detidos dois russos que estavam a distribuir propaganda do Grupo Wagner em cidades polacas.

“A Agência Internacional de Segurança identificou e deteve dois russos que distribuíam materiais de propaganda  do Grupo Wagner em Cracóvia e Varsóvia”, escreveu o responsável pela pasta do Interior na rede social X, antigo Twitter.

De acordo com o responsável, ambos foram acusados de espionagem, “entre outras coisas”.

"Organização extremista". Aliada de Navalny vai a julgamento na Sibéria

Teresa Banha | há 1 hora

Uma aliada do opositor ao regime russo Alexei Navalny vai a julgamento esta segunda-feira na Sibéria devido a acusações relacionadas com a criação de uma “organização extremista”. A informação é avançada pela agência France-Presse, que cita as autoridades.

Segundo a agência, trata-se de Ksenia Fadeyeva, de 31 anos, uma antiga deputada municipal na cidade de Tomsk, na Sibéria. A mulher foi adicionada à lista de “terroristas” da Rússia em janeiro do ano passado.

Fadeyeva foi também responsável por chefiar o escritório de Navalny na cidade, onde o opositor foi envenenado com Novichok, em 2020. No mês seguinte, Fadeyeva foi eleita na cidade juntamente com outros ativistas independentes na Sibéria.

As acusações estão relacionadas com Navalny estar na mira do governo russo, uma vez que os seus escritórios foram considerados, em 2021, como “organizações extremistas”, colocando assim os funcionários e apoiantes em risco de perseguição.

A mulher, de 31 anos, recusou sair da Rússia e foi detida em 2021.

Zelensky promete "resposta justa" a ataques

Teresa Banha | há 1 hora

O presidente da Ucrânia reagiu, no domingo, ao ataque na região de Kherson, na sequência do qual morreram sete pessoas, entre as quais um recém-nascido. Para além do bebé, de 23 dias, também o irmão, de 12 anos, e os pais dos mesmos morreram no ataque.

Segundo o chefe de Estado, pelas 18h locais de ontem havia registo de 17 bombardeamentos na região de Kherson, e também alguns incidentes em Mykolaiv, Zaporizhzhia, Donbass e Kharkiv.

“Não há dia em que a maldade russa não receba a nossa resposta justa”, garantiu Zelensky no seu discurso diário.

Para recordar

Notícias ao Minuto | há 7 horas

Início de acompanhamento

Notícias ao Minuto | há 8 horas

Bom dia! Retomamos esta segunda-feira o nosso acompanhamento AO MINUTO sobre a guerra na Ucrânia. Pode recordar todas as notícias de domingo na ligação abaixo:

AO MINUTO: “País mais minado do mundo”; Migrantes tentam chegar à Polónia

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a guerra na Ucrânia.

Notícias ao Minuto | 07:44 – 13/08/2023 PUB

Dúvidas sobre créditos e/ou seguros? Alie-se à Poupança no Minuto e saiba a informação de que precisa

Sal desde 354€ ida e volta

Cultura Viagens 07/08/23

Já conhece este cantinho paradisíaco de Cabo Verde? Reserve já!

patrocinado por Betclic

Liga Betclic: Para ver… e apostar. Os jogos que vão marcar a semana

patrocinado por WOOK

Não deixe para amanhã WOOK pode comprar agora. Conselho de quem sabe!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Fonte: NOTICIASAOMINUTO.COM