Homem arrasta cão pelo asfalto, amarrado em sua motocicleta, como punição por causar sujeira em sua casa

Um agressor foi detido por policiais militares durante uma ocorrência em flagrante no fim da tarde deste sábado, dia 24 de outubro. O caso foi registrado na cidade de Inhumas, interior de Goiás. O suspeito está sendo acusado de agredir um cachorro com marteladas e, como se não bastasse, amarrou o animal em sua motocicleta, arrastando-o do pelas ruas da cidade. Ele foi encontrado à beira da rodovia GO-070 quando tentava se desfazer do animal, ainda vivo.

A Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO) conseguiu chegar até o agressor graças a denúncias anônimas feitas por vizinhos, indignados com os maus-tratos disparados contra o animal. Informações prestadas pelo Major Lívio, que esteve na ocorrência, apontam que o homem indica ter aproximadamente 40 anos, e teria ficado furioso quando o cachorro de estimação sujou uma área de sua propriedade particular que havia sido higienizada recentemente.

“Ele agrediu o animal dessa forma e, não satisfeito, amarrou o animal na motocicleta e saiu puxando pelo bairro dele. Os vizinhos viram e ligaram pra gente”, relatou o major Olívio.

O homem foi encontrado cerca de duas horas após a polícia receber a denúncia anônima dos moradores da região. Quando foi localizado às margens da rodovia, apresentava estado de embriaguez. Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada e esteve no local para fazer os primeiros socorros ao cachorro. Ele foi imediatamente levado para um hospital veterinário onde, felizmente, apresenta estado de saúde estável, seguindo internado.

O agressor, por sua vez, terá uma grande dor de cabeça com a Justiça pela frente. Ele foi detido em flagrante e poderá ser condenado com base na Lei Sanção, sancionada recentemente pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que endurece as penas em caso de maus-tratos cometidos contra animais. O crime se tornou inafiançável.

 

Fonte: www.i7news.com.br/