Servidora do STJ perde a vida após acidente durante férias no Peru; ela caiu do penhasco

Uma viagem de férias acabou com um desfecho trágico para uma brasileira. Uma servidora do STJ – Superior Tribunal de Justiça morreu após sofrer um acidente.

A mulher aproveitava as férias nos Andes Peruanos, local onde ocorreu a fatalidade. Segundo informação de amigos da vítima, Maria Lucia Paternostro, de 46 anos, acabou caindo de um penhasco.

A servidora caiu enquanto estava fazendo trilha nas montanhas.

A tragédia aconteceu nesta última segunda-feira, 1º de agosto, em um local de acesso difícil que acabou dificultando o resgate.

Amigos de Maria Lucia disseram que o corpo dela somente foi achado no início da noite do dia seguinte e foi encaminhado para Lima, capital do Peru. No entanto, ainda não há informação de quando vai chegar em Brasília.

Os ministros da 3ª turma do STJ se manifestaram sobre a perda da servidora durante uma sessão virtual. Eles lamentaram a perda da brasileira que era conhecida carinhosamente como Malu.

A servidora trabalhava como assessora-chefe do Núcleo de Gerenciamento de Precedentes e Ações Coletivas.

A brasileira deixa uma filha de 12 anos de idade. Conforme os familiares da vítima, a jovem está em choque com a perda inesperada da mãe.

Adriano Zede, amigo da servidora, relatou ter ficado impactado e que a amiga passou na casa dele antes de ir viajar.

 ” Era uma pessoa alto astral, vibrava pelas conquistas dos outros, torcia feliz, sempre carismática e radiante. Era do bem e da paz. Muito querida”, ressaltou.

Paulo de Tarso, ministro da 3ª turma, fez questão de lamentar o falecimento de Malu.

Ele disse que ela era uma pessoa extremamente inteligente e competente. Várias pessoas que trabalharam com a Maria Lucia sentiram a perda inesperada e prestaram homenagens lamentando a perda da brasileira.

i7 News