Mulher é espancada e mantida em cárcere privado, em Espigão do Oeste

Fonte: Assessoria PM de Espigão do Oeste

Nesta terça-feira, 13 de agosto, a Central de Operações da Polícia Militar de Espigão do Oeste recebeu uma denúncia via 190, que no bairro Caixa D’Água, houve uma situação de Lesão Corporal com Cárcere Privado, de pronto a guarnição de serviço deslocou-se para o endereço onde estava a vítima.

Chegando no local, a vítima informou que na noite do dia 11/08 estavam ela e o amásio na casa de seus pais, e que o seu amásio já estava em elevado grau de embriaguez quando disse que queria ir embora, e nesse momento ela recusou a ir, pois estava visitando seus pais.

Logo em seguida resolveu ir embora, quando chegou na casa de seu amásio, este tentou fazer sexo com ela, e com sua recusa ele ficou irritado, começando a agredi-la, dando murros em sua cabeça, e posteriormente batendo com um taco de madeira em suas costas e na sua coxa, neste momento a vítima correu para o quarto, para tentar proteger-se, e seu amásio a trancou no quarto, e trancou as janelas, liberando ela somente no outro dia.

A vítima informou que ele a trancou por volta das 22h e que veio soltá-la as 09h da manhã do dia seguinte, quando a deixou na residência de seus pais, dizendo que não era pra ela contar o fato ocorrido para ninguém.

A vítima foi encaminhada para a delegacia, a guarnição fez patrulhamentos no intuito de localizar o agressor, haja vista que já é conhecido no meio policial, porém sem êxito.