Presidente se irrita com assédio do Palmeiras a Pedro: ‘É do Flamengo’

Divulgação Pedro

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, apareceu para descartar completamente as chances de o atacante Pedro ser vendido ao Palmeiras.

“O Pedro é jogador do Flamengo. Não segue nada vivo (o assunto). Pedro é jogador do Flamengo. O Flamengo tem interesse de continuar com o Pedro. Pedro é jogador do Flamengo. Ponto”, disse Landim ao UOL Esporte.

O Flamengo sequer abriu negociações com o Palmeiras pela venda de Pedro e considera o assunto encerrado após receber uma proposta não oficial de 20 milhões de euros (R$ 110 milhões) e negá-la.

O assédio gerou comportamentos diferentes nos dois clubes, segundo a reportagem apurou. No Flamengo, que recusou a investida, não houve qualquer movimentação do jogador para sinalizar o desjo de saída para o Palmeiras.

A diretoria, por sua vez, não se mostra preocupada com esta possibilidade no momento, e vê em Pedro um atleta que não causa qualquer tipo de problema e de caráter inquestionável.

Leia Também

A pergunta sobre o valor que o Flamengo aceitaria para a venda ficou sem resposta concreta no clube. A multa de 100 milhões de euros foi apontada como a quantia única para uma liberação. Houve até dirigente quem tenha citado 60 milhões de euros, apenas para dizer que não haverá negócio agora.

Mas no mercado, Pedro, que custou 14 milhões de euros, a avaliação é de que a proposta do Palmeiras, se concreta, atenderia a um valor justo. Isso se o Flamengo quisesse vender e recuperar o que investiu.

No Palmeiras, por outro lado, gastar 20 milhões de euros em um só jogador foi visto com estranheza. O recado da diretoria de que o futebol passará por um corte orçamentário na ordem de 10% é o motivo.

O desejo por Pedro, no entanto, parte da presidente Leila Pereira. Que promete seguir as tentativas para tentar dobrar o Flamengo. O desejo por um centroavante não é segredo e alternativas são avaliadas.

Fonte: ESPORTE.IG.COM.BR