Supercopa Rei vai homenagear Pelé e Zagallo no Mineirão

Supercopa Rei vai homenagear Pelé e Zagallo no Mineirão

Fotos:NELSON ALMEIDA/AFP via Getty Images e Ricardo Saibun/Santos  Zagallo e Pelé serão lembrados na final da Supercopa Rei, que, já no nome, homenageia o maior jogador de futebol da história

A final da Supercopa Rei, neste domingo (4/2), fará reverência a duas lendas do futebol mundial. Ambas do Brasil. Afinal, o jogo no Mineirão vai celebrar o legado que Pelé e Zagallo deixaram para o esporte.

O nome da competição, inclusive, passou a levar o nome de Rei em homenagem a Pelé. Portanto, daqui para frente, a decisão entre o Campeão da Copa do Brasil e o vencedor do Campeonato Brasileira sempre renderá homenagem ao maior jogador de futebol da história. Pelé morreu em 29/12/2022, aos 82 anos, em São Paulo.

Já Zagallo terá o seu tributo no 13º minuto da partida – numa referência ao número preferido do ex-jogador e ex-técnico da Seleção Brasileira, que considerava o 13 um símbolo de sorte. Assim, a imagem de Zagallo vai aparecer no telão e em placas ao redor do campo. Ele morreu em 5 de janeiro deste ano, aos 92 anos, no Rio de Janeiro.

Esta será a sétima disputa da Supercopa do Brasil . Criado em 1990, o torneio teve duas edições e ficou 27 anos sem ocorrer. Entretanto, em 2020, a CBF retomou a competição e ela passou a ser constante, com sucesso.

Filha e neto de Pelé na Supercopa para homenagem

Este ano, a expectativa é de que uma das filhas de Pelé, Flávia Christina Kurtz, participe da cerimônia na hora da entrada das taças, antes do jogo. Flávia deverá levar o troféu até o gramado, ao lado de Arthur Nascimento, neto de Pelé, e do presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues.

“Pelé e Zagallo são eternos e estamos aqui para exaltá-los e lembrar das belas histórias que eles escreveram com a bola nos pés”, disse Ednaldo.

Troféus do Brasileiro e da Copa do Brasil no gramado

Um pouco antes, Euller e Ecarlos entrarão com os troféus dos campeonatos de 2023 que credenciaram os dois times para esta decisão: a taça de Campeão Brasileiro do Palmeiras e a taça de Campeão da Copa do Brasil do São Paulo,

A partida também terá uma manifestação de pesar pela morte de Osvaldo Domínguez Dibb, presidente de honra do Olímpia, do Paraguai, e pai do presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez. Ele morreu no dia 2/2, em Assunção, aos 83 anos, deixando uma história vitoriosa no clube paraguaio. Afinal, comandou o Olímpia em dois períodos (1974 a 1990; e 1995 a 2004), conquistando vários títulos. Assim, foram 3 Libertadores, 1 Copa Intercontinental, 2 Recopas, 1 Copa Interamericana e 14 Campeonatos Paraguaios.

São Paulo e Palmeiras se enfrentam a partir das 16h.

No fim da partida, o melhor jogador vai receber o título de Rei do Jogo, com direito a uma coroação. O ex-jogador Clodoaldo, parceiro de Pelé no Santos e na Seleção, vai entregar o cetro e a coroa ao atleta.

Fonte: ESPORTE.IG.COM.BR

FXSuperCach pc